Escola Dominical: Universidade oficial do cristão

Valmir Nascimento aceitou a Cristo em 1997, aos 19 de idade, em Pontes e Lacerda (MT). Desde então, nasceu no seu coração o desejo de aprender as Escrituras e o amor pela Escola Dominical. A cada nova lição bíblica, ele crescia na graça e no conhecimento, transformando a ED na melhor e mais importante faculdade da sua vida. Por isso, ele a chama de a “Universidade Oficial do Cristão”.

A ED teve, por isso, importância vital durante o período que Valmir frequentou a Faculdade de Direito. Embora tenha sido aconselhado na época a desistir do curso superior, sob o argumento de que o ambiente acadêmico poderia fragilizá-lo espiritualmente, levando ao abandono da fé, a hostilidade ateísta e o relativismo moral do campus nunca o abalaram. “Penso que isso ocorreu por causa da graça de Deus e da minha assiduidade às Escolas Dominicais. As lições bíblicas ajudaram sobremaneira a fortalecer a minha fé e a resistir aos ataques sofridos durante o período universitário”. Hoje, Valmir é jurista, teólogo, mestre em Teologia e pós-graduado em Direito, com estudos na Universidade de Coimbra (Portugal) e Universidade de Oxford (Inglaterra). É professor universitário, editor da revista acadêmica Enfoque Teológico (Feics) de Cuiabá (MT). É ainda membro e diretor de assuntos acadêmicos da Associação Nacional de Juristas Evangélicos (Anajure); escritor e palestrante no 9º Congresso Nacional da Escola Dominical, comentarista da revista de Jovens deste trimestre e evangelista da AD em Cuiabá (MT).

Continuar lendo “Escola Dominical: Universidade oficial do cristão”

Anúncios

A Escola Dominical dos ateus

por Valmir Nascimento Milomem Santos Artigo publicado na Revista Ensinador Cristão – Ano 11 n.º 41 Por que até os ateus também estão adotando escolas dominicais? “Nas manhãs de domingo, a maioria dos pais que não acreditam no Deus dos cristãos, ou em qualquer deus, provavelmente estarão tomando café da manhã ou numa divertida partida de futebol com as crianças, ou fazendo alguma tarefa doméstica … Continuar lendo A Escola Dominical dos ateus

O livro didático dos insultos

criança

por Joêzer Mendonça

A escola está desesperada. Como o aluno parece mais interessado em atualizar suas fotos no Orkut, os pedagogos acreditam que a escola precisa falar o idioma natural infantojuvenil para fazer o estudante de muito MSN e poucos engenhos se interessar pelo idioma natural acadêmico. A novidade é simples: se “todos” falam palavrão, então que os livros didáticos também falem palavrões.

Apesar do que sugerem expressões fortes como “os catetos da hipotenusa” ou “ácido desoxirribonucleico” ou, tirem as crianças do blog, “oração coordenada sindética aditiva”, os palavrões nesses livros são mais prosaicos.

Continuar lendo “O livro didático dos insultos”

Deus não dará coroa pela ignorância

Valmir.Nascimento  Pode parecer brincadeira mas em pleno século XXI ainda existe uma turma dentro das igrejas evangélicas que se manifestam em contraridade ao estudo, à leitura e à busca do conhecimento. É muito comum ouvirmos pastores e/ou pregadores reverberando contra aqueles que se dedicam ao estudo secular, ou que procuram ampliar seus conhecimentos teológicos. Nas igrejas pentecostais, especialmente, o cristão intelectual é tido como rebelde, … Continuar lendo Deus não dará coroa pela ignorância