Brasil Evangélico: Revista Superinteressante publica dossiê sobre evangélicos


A revista Superinteressante publica neste mês de novembro um dossiê específico sobre O Brasil Evangélico: o passado, o presente e as obras das igrejas que conquistaram o país.

De acordo com a publicação, entre 1980 e 2010, o percentual de brasileiros que se declaravam evangélicos subiu de 6,6% para 22,2%. Pesquisas recentes indicam que o índice chegou a 28%. Assim, “qualquer fenômeno que se expande nesse ritmo merece ser melhor compreendido. Ainda mais quando se trata de um movimento  tão dinâmico”, afirma a publicação.

O editor Alexandre de Santi destaca que “os evangélicos fazem parte de um grupo eclético, entusiasmado, acolhedor e, muitas vezes polêmico”. A partir dessa premissa, o dossiê procura apresentar o histórico e as várias faces e vertentes do movimento evangélico no país, tendo como ponto de partida a Reforma Protestante iniciada por Martinho Lutero.

sumario
Sumário da revista.

Como era de se esperar, a publicação engloba os aspectos positivos e controversos do movimento evangélico nacional, a partir de uma perspectiva sociológica. Há evidente destaque para o surgimento e expansão das Assembleias de Deus no país. “Graças à dupla de suecos Daniel Berg e Gunnar Vingren, fundadores da Assembleia de Deus, o movimento evangélico se espalhou pelo país”, afirma a publicação. E acertadamente a matéria ressalta as três ondas do pentecostalismo.

ad
Destaque para o surgimento da Assembleia de Deus

Os autores procuraram apresentar os trabalhos sociais desenvolvimento pelas igrejas evangélicas, como a atuação da igreja Batista com os dependentes químicos e crianças abandonadas, apoio aos refugiados e vítimas de catástrofes pelos Adventistas, as atividades de caridade da Quadrangular etc. Certamente, há aspectos questionáveis, como a inclusão dos testemunhas de Jeová e Mórmons no mesmo pacote dos evangélicos. Todavia, considerando que a publicação não tem qualquer conteúdo teológico, tal inserção pode ser compreendida.

asset_p_6
Os neopentecostais não foram esquecidos.

Também, não faltou espaço para os neopentecostais (especialmente o império da Universal e o Templo de Salomão, Valdemiro Santiago e Agenor Duque), a teologia da prosperidade, a música gospel, as igrejas evangélicas contemporâneas e, por fim, o voto evangélico.

De modo geral, o dossiê da Superinteressante é importante para resgatar a historicidade e a importância do movimento evangélico no pais, fazendo parte, como afirma o editor, da cultura brasileira.

 

Anúncios

Um comentário sobre “Brasil Evangélico: Revista Superinteressante publica dossiê sobre evangélicos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s