Os ateus e suas novas tolices


Como escrevi no artigo A Escola Dominical dos ateus (Ensinador Cristão, n.º 41, p. 18/20): “O ateísmo (pós) moderno difere-se em muito do ateísmo de um passado não muito distante. Se outrora eles não faziam questão de expor abertamente suas idéias, hoje estão a defendê-las de maneira ostensiva, baseados em uma visão de eminentemente secularizada”. Richard Dawkins, em seu livro Deus, um delírio, por exemplo, escreveu que “Deus é um delinqüente psicótico, inventado por pessoas loucas, iludidas”.

Continue a leitura no Enfoque Cristão / CPAD News

Anúncios

Um comentário em “Os ateus e suas novas tolices

  1. Segundo uma pesquisa da Fundação Perseu Abramo feita no Brasil, 17% das pessoas pesquisadas afirmaram ter repulsa/ódio aos descrentes em Deus e 25% declararam antipatia, índice maior do que a usuários de drogas (17% e 24% respectivamente), transexuais (10% e 14%), gente muito religiosa (5% e 17%), ex-presidiários (5% e 16%) e qualquer outro grupo constante na pesquisa (http://www2.fpa.org.br/uploads/img498f2300a97af.jpg).

    Ateus no Brasil são em menos de 8% da população total (e por volta de de 2% no mundo, ou 12% incluindo agnósticos e não-teístas). Isso significa que há mais pessoas que odeiam/não gostam de ateus do que propriamente ateus.

    Ademais, democracia é isso: a liberdade de expressão é um valor máximo, desde que não fira outras liberdades. Mas se alguém se sente ferido e prejudicado, o que fazer? Bom, para isso exite o diálogo aberto e honesto; mas infelizmente muitos não querem esse diálogo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s