Pérola da semana: maconha e batata


O Duda é um antigo comentarista aqui do blog, e é perito em escrever pérolas como essa registrada no post sobre liberação de maconha no Brasil. Ele diz: “A exemplo da proibição da maconha, acho que deveríamos proibir também o consumo de batata e café. Bata frita faz muito mal à saúde, entope as artérias e faz parar o coração! E o café que tem até efeitos psicotrópicos e todo mundo sabe! É um escândalo que os traficantes de batata e café fiquem impunes!“. E tem mais: ” LEGALIZE JÁ! MACONHA NÃO É DROGA, É VEGETAL. Num país que se pretenda democrático, deveríamos no mínimo criar campanhas de informação e depois PLEBECITOS — necessariamente nesta ordem.”

Não existe, mas bem que o blog poderia criar o Troféu Pérola, e prestigiar escritos como esse.

A bem do (humor) e do debate, convém perguntar: Alguém aí sabe da existência de alguma clínica para dependentes de batatas ou de café? Ou conhece uma pessoa que usou cocaína depois de um período de vício em batata? Ou então perdeu a sua autodeterminação pelo consumo de café? E mais: sabe de alguma família que foi destruída em razão da batata ou de alguém que tenha roubado para comprar um pacote de café?

Sobre PLEBESCITOS, o Wikipédia pode ajudá-lo na grafia correta.

Anúncios

9 comentários em “Pérola da semana: maconha e batata

  1. Caro amigo Valmir,

    Essa aí é realmente uma grande pérola. Sem comentários! Vai aqui um voto para a criação do Troféu Pérola (risos).

    Grande abraço.

    Cleosmar (VidaCristaVitoriosa.Blogspot.com)

  2. Caríssimos, não conheço nenhuma clínica que trate de dependentes de batatas e café; todavia, sei de um lugar onde há tratamento para a síndrome de abstinência escolar. Essa síndrome afeta o desempenho escolar mostrando seu baixo rendimento e deixa visíveis, alguns sinais e sintomas decorrentes da falta de escolaridade em usuários dependentes.
    Também, conheço muitas famílias que foram escravizadas e destruídas, por falta de escola.

  3. Doze Passos dos Cafeólatras Anônimos

    01- Admito que sou impotente diante de uma chícara de café, especialmente se for com leite

    02- Somente hoje não tomarei café… pensando bem, começo segunda-feira.

    (…)

    * * *

    Falando sério: nem todo hábito, por mais forte que seja e mesmo que prejudique pessoas, pode ser chamado de “vício”. Existem características diferenciadoras.

    atos17.blogspot.com

  4. Caramba!

    Adversários tao bem preparados e com argumentos intelectualmente relevantes como este aí, sao um estímulo para qualquer blogueiro apologista (risos!).

    Desculpa, Valmir… Mas tive a impressao que este comentário foi postado por um vegetal! Sério…

    Paz.

    PS: Nao me abstive de colégio; apenas estou usando um teclado made in china, adquirido por baixo custo em uma loja qualquer deste reduto Inca!

  5. a maconha é um vegetal que ao usar deixa as pessoas com um sentodo de leveza onde tudo pede nada é proibido ,já vi pessoasa q fumuo maconha n horas deposi cometeu homicidios apesar de ñ conter substância quimica acho q ñ é uma boa liberar este vegetal..
    referente a batata e ao café, só fica viciado mesmo quem gosta do vicio . porque eu gosto de batata, mas ñ sou viciado apenas tento manter o controle de mim. assim támbem a coca cola deve ser banida , pois muita gente esta víciada nínguem toma providência…

  6. Proponho que o comentarista/apologista da marijuana receba com toda pompa e circunstância o Troféu “TICo” (Talento Involuntário para a Comédia).

    Afinal, ele nos faz sentir mais inteligentes, não é não ?

  7. Olá a todos!

    Que alegria! Outro dia eu era um anônimo e hoje tenho um posto sobre mim!

    Fabrício Luz, se você só consegue se sentir inteligente diante de alguém rebaixando esta pessoa, é porque a sua luz está um pouco apagada…

    Não, Editor, eu não vim do púlpito cristão, como sempre um palpite certeiro na lata do lixo.

    Davi Soares, o seu comentário é tão absurdo, tão desnformado e tão falso como uma nota de três reais no bolso do pinóquio.

    Leonardo Gonçalves, você chega a ser imoral assumindo que compra produtos oriundos de trabalho escravo.

    Emerson Luís, muitas pessoas tem dores de cabeça fortes se não tomam café, além de desânimo. É um nível de dependência. Eu mesmo me considero dependente de café.

    Abração! Mais uma vez, obrigado pela atenção!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s