Dawkins usa crianças cristãs em anúncio ateu


A mais recente campanha contra a religião levada a cabo por Richard Dawkins recorre à imagem de duas crianças que são filhas de um dos mais conhecidos músicos cristãos dos EUA, Brad Mason. “Não me rotule, por favor – Deixe-me crescer e escolher por mim.” É esse o lema que aparece entre as fotografias de duas crianças aos saltos, com um grande sorriso no rosto, numa imagem que pretende revelar liberdade e felicidade. A campanha está sendo levada a cabo pela British Humanist Association e o biólogo e militante ateu Richard Dawkins, com o objetivo de criticar a educação religiosa das crianças. Segundo um dos dirigentes da BHA, Andrew Copson, “rotular as crianças segundo a religião dos seus pais atenta contra seus direitos e a sua autonomia”. (…)

“Parece piada”, explicou o pai e fotógrafo Brad Mason, “porque obviamente estavam à procura de imagens de crianças que parecessem felizes e livres. Aconteceu escolherem estas crianças cristãs. É irônico. No fundo é um elogio, demonstra que educamos bem os nossos filhos, e que são felizes.”

Li no Criacionismo

[Coisas do Dawkins, como sempre]

Anúncios

7 comentários em “Dawkins usa crianças cristãs em anúncio ateu

  1. Valmir, qual seria a reação de Dawkins se um filho ou filha dele escolhesse seguir a Jesus Cristo? Será que ele aceitaria tranquilamente a decisão?

  2. kkkkkkkk

    Esse cara com essa propaganda acabou de provar o quanto ele está errado. Como disse Jesus são verdadeiros cegos querendo guiar outros.
    Que Jesus salve essas vidas.

  3. Tenho 13 anos e sou ateu. Até pouco tempo atrás era católico, ia na igreja aos domingos e etc.Percebi que não acreditava em nada da minha própria religião, achava uma coisa sem nexo.
    Hoje sou criticado por amigos que dizem que estou indo pelo caminho errado, e até por familiares que não aceitaram quando revelei minha opção.
    Ainda assim acho que ele está certo, as crianças não devem ser rotuladas dessa forma. Passei 13 anos de minha vida seguindo algo que para mim não fazia nem sentido.

  4. Olá. Sinto muito mas não vi problema nenhum no anúncio e nem na escolha das crianças. Nem o pai delas que é o Brad Mason viu qualquer problema e até achou legal! E as crianças parecem felizes também.

    Acho que o texto e os comentários estão tentando provocar intriga onde na verdade não há. Parem com isso, aceitem opiniões diversas e respeitem as crenças — e descrenças — alheias.

    Em vez de estarem suscitando uma intriga tão frívola, por que não tentam promover a PAZ, que vocês tanto pregam?

    Cada um é livre pra acreditar no que quiser! Mais respeito mútuo e promoção de PAZ, por favor! Se o POVO ELEITO está preocupado em fazer intriguinhas quem vai se ocupar de fazer a PAZ CRISTÃ?!

    Abraço!

  5. Neste caso, faço minha as palavras de Jesus aos seus discipulos dizendo: Eis que vos envio como ovelhas ao meio de lobos; portanto, sede prudentes como as serpentes e inofensivos como as pombas. .Mateus 10:16.

  6. Achei ótima a ideia de Dawkins.
    Afinal, se os cristão evangélicos ou católicos ou qualquer louco que seja que acredita em algo que não existe tem o direito de educar as crianças nesse mundo, temos o mesmo direito de “desevangelizar”.
    Ou só quem acredita em algo improvável pode orientar as crianças em cursos bíblicos e outras besteiras inventadas pelas igrejas?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s