Lealdade ou integridade? Feliciano defende Macedo


site marco

por Valmir Nascimento Milomem

Em seu blog, Marco Feliciano escreve artigo em que comenta a briga entre a Globo e a Record. “O que me causa repúdio“, anota Feliciano, “é a inércia da nossa classe, os evangélicos. Vejo as pessoas falando mal de líderes, igrejas, costumes, doutrinas, etc. Onde estão os irmãos na hora da acusação? Onde estão os que juraram amor à obra?”.

Diz ainda que: “Você pode não ter simpatia pelo pastor Marco Feliciano, Pr. Silas Malafia, Bp. Edir Macedo, Ap. Estevam, Bp. Sônia Hernandes e o missionário David Miranda. Porém, você não pode acreditar em tudo o que vê ou lê; é preciso apurar todos os fatos“. E mais: “A briga entre Globo e Record é nossa? SIM, pois respinga nos evangélicos”.

Pois bem, caros leitores, façamos uma breve análise de tais afirmações.

Marco Feliciano tem toda razão ao dizer que a emissora Globo reiteradas vezes utilizou-se de suas programações a fim de achincalhar os evangélicos, dando a entender que, de modo geral, o crente é esquizofrênico e todos os pastores e líderes, pilantras. Tem razão ainda ao afirmar que a Globo nunca deu a mesma publicidade às notícias de absolvição de líderes cristãos nos mesmos moldes daquelas dadas às acusatórias. Portanto, ponto para o pregador!

Lealdade ou integridade?

Por outro lado, vale destacar que os evangélicos não são uma classe, como quer o pregador (os cristãos nascidos de novo pelo menos não o são). O vínculo que nos une não é uma causa – como dizia C. S. Lewis – mas sim o amor. Evangélicos não possuem causa, mas propósito. De modo que biblicamente não sou obrigado a defender cegamente determinado líder, pastor ou bispo, pelo simples fato dele se autodenominar como tal; afinal, antes da lealdade vem a integridade, como dizia Charles Colson (citado por César Moisés). Segundo ele, “Integridade vem primeiro”. Isso por uma simples razão: “Lealdade”, disse ele, “não importa o quão admirável seja, pode ser perigosa se investida em uma causa indigna”, contrariamente, integridade não, pois, continuou, “vem do verbo grego integrar, que significa tornar-se unido para formar um todo completo ou perfeito”. Por conseguinte, nossas “ações devem ser coerentes com nossos pensamentos”.

Com efeito, antes de exercitar uma lealdade cega e imbecil em relação a determinado líder evangélico, é preciso preliminarmente verificar se tal pessoa atende aos requisitos da integridade bíblica. Mesmo porque, não fazemos parte de um sindicato, partido político, associação civil ou organização não-governamental, de modo a defender com unhas e dentes os membros de tal instituição, tal qual um buldogue que age pelo impulso em obediência aos comandos do seu proprietário. Não, definitivamente não somos classe, e não seguimos a cartilha de uma entidade! Somos igreja. E como igreja devemos rejeitar o joio e denunciar os lobos devoradores.

Além disso, como afirmei outrora, no caso Silas Malafaia, o problema do cristianismo atual é a reiterada eleição de pastores-ídolos-estrelas, os quais são tratados como se fossem semideuses, perfeitos e intocáveis. Suas pregações são sagradas; seus escritos inerrantes e suas condutas imunes à críticas. Alguns crentes tornam-se seguidores não de Cristo, mas de homens; e quando esses indivíduos tropeçam seus seguidores ficam a ver navios, e sem explicações a apresentar. Não quero anular a autoridade espiritual do líder, e a obediência necessária aos pastores (Hb. 13.17), mas sim afirmar que como cristãos precisamos ter discernimento, sabedoria e inteligência espiritual (Cl. 1.9). Somos compelidos a atentar para a maneira de viver dos nossos líderes espirituais (Hb. 13.7), para que possamos localizar quem são os mercenários (Jo. 10.12), os lobos devoradores vestidos em peles de ovelha (Mt. 7.15), e os pastores que apascentam a si mesmos (Ez. 34.2).

Onde estão os irmãos na hora da acusação?

Marco Feliciano ainda pergunta: “Onde estão os irmãos na hora da acusação? Onde estão os que juraram amor à obra?”. Essa é fácil de responder: “No mesmo lugar em que estávamos no momento em que pastores extorquiam crentes indefesos e de boa fé”.

Vote no blog

www.comoviveremos.com

Anúncios

36 comentários sobre “Lealdade ou integridade? Feliciano defende Macedo

  1. Que post!

    Não pude dexar de comentar!

    O irmão foi preciso na análise sobre o caso em questão.

    É preciso respeitar e ser solídário à qualquer irmão em Cristo(seja ele pastor ou não).

    Mas é muito mais necessário termos a consciência de que tudo que está acontecendo de ruim ultimamente no meio evangélico, é fruto de erros dos próprios envolvidos.

    Chega de lenga-lenga de tentar criar uma falsa perseguição e fugir da responsabilidade.

    Que a Globo é um mal para o país, até concordo.

    Mas dái a quere atribuir os próprios erros a “perseguição” mídia é covardia e falta de coragem em assumir os próprios erros.

    Agnaldo Gomes publicou um post sobre.. Vai Valer a Pena!

  2. Me desculpe irmão, mas sinceramente achei tudo o que foi escrito ai horrivel, ninguem esta falando sobre agir como um buldoge adestrado, mas pense comigo ainda que você não concorde com essas igrejas ou esses irmão, não irá se unir ao ímpio para falar dos irmãos, ainda que supostamente sejam errados. Além disso os fieis não estão reclamando, e nao se incomodam pelo fato do dinheiro que o seu lider possui, a igreja Universal é enorme e tem muitos membros, será que esse povo todo gosta de fazer papel de “troxa” será que Deus deixaria seu povo no engano?

  3. Agnaldo,

    Existe esse pensamento equivocado segundo o qual precisamos defender qualquer líder evangélico a pretexto de sermos “irmãos”. Isso é pura falácia. Até mesmo os irmãos, se é que o Edir o é, precisam ser censurados, corrigidos e criticados quando agem em contrariedade com o evangelho. Como disse Paulo a Tito: Tu, porém, fala aquilo que convém à sã doutrina.

    NEle! Em que temos a redenção!
    VNMS

  4. Renato,

    Obrigado pelo comentário. Todo e qualquer tipo de pensamento, mesmo que contrário, é bem vindo aqui no blog.

    Mas, é de se ver pelas suas palavras que não entendeu nada do que escrevi. Em momento algum ataquei os membros da IURD. Critiquei (e critico), isso sim, o seu líder máximo.

    Ainda, vc afirma: “Além disso os fieis não estão reclamando, e nao se incomodam pelo fato do dinheiro que o seu lider possui, a igreja Universal é enorme e tem muitos membros, será que esse povo todo gosta de fazer papel de “troxa” será que Deus deixaria seu povo no engano? “.

    Quer dizer que vc está falando em nome de todos os membros da IURD? Ora, se vc tem certeza do que afirma então quer dizer que fala em nome de todos, caso em que Edir estaria absolvido de suas acusações.

    Entretanto, acredito que não seja essa a realidade. Ninguém fala em nome de outrem, a não ser por procuração. Além do mais, existe uma enorme qtde de pessoas de boa fé que infelizmente acabam sendo enganadas (tenho uma amigo q passou por isso). Então, nesse caso, precisamos ficar quietos e deixá-las doar todos os seus pertecentes para receberam “algo em troca”?

    Tenho certeza absoluta que não.

  5. Sr. Renato, não sei quem o senhor é, mas eu sei que o Jesus que o Edir Macedo chama de senhor deve ser o mesmo que o Paiva Neto diz que está chegando, pois tenho certeza que não é o Senhor dos senhores e Rei da Glória. Não sou irmão do Edir Macedo, não me meto em briga familiar, pois Globo e Record são co-irmãs, e Marinhos e Macedos são farinhas do mesmo saco.
    O “reino” do Macedo é do deus deste século, Mamom.
    Sou irmão do Senhor Jesus, e o seu reino é de paz, justiça e alegria no Espírito Santo.
    “Deus escolheu os pobres desta vida para serem ricos na fé”. Como nos ensinou o Senhor: Está escrito!

  6. Será que alguém pode me responder o porque de uma emissora como a Rede Globo ser tão criticada por muitos crentes, e o porque desses mesmos que criticam copiarem seus padrões tão maléficos?. Outra coisa: é o COAF, órgão do governo federal que está investigando os negócios do bispo e não a Globo. cuidado meus irmãos, tem muito incrédulo que prospera também, isso não quer dizer nada, nem é padrão de santidade de ninguém, vamos prezar pelo discernimento espiritual sempre.

  7. Caro irmão Valmir,

    Este post foi tão bom que resolvi publicar algo sobre o assunto e citando trecho do mesmo (citando a fonte, com certeza).

    Se puder dê uma olhada.

    Em Cristo,
    Agnaldo Gomes publicou um post sobre.. Rede Globo x IURD:Qual Lado Ficar?

  8. querido irmão, enfim uma análise criteriosa a respeito de um assunto delicado, sobre o qual obviamente não conhecemos todas as nuances. contudo, o histórico de vida e de escândalos protagonizados pelo líder da IURD é suficiente para nos mostrar que o simples fato de alguém utilizar o nome do Senhor Jesus, denota compromisso real com a obra de Cristo e Sua Igreja.
    Não é estranho que uma pessoa como Marco Feliciano defenda o “bispo”, uma vez que se considera integrante de uma classe, e não um membro do Corpo de Cristo.
    O que cabe à Igreja? Omitir-se? Claro que não. À Igreja cabe continuar pregando a Palavra da maneira como foi ensinada na Bíblia, e não se espantar ou se assustar com tais escândalos, como se novidade fosse. O Senhor da Igreja garante que muitos e piores ainda virão.
    Parabéns pela coragem em expor seu pensamento de forma cristalina e coerente.
    Um forte abraço, Pr. Aluisio Freitas.

  9. Essa é a questão? Não temos causa em comum? Não somos um povo? Somos gente dentre os povos desta terra! O mundo conhece, para nossa vergonha, os evangélicos como o povo que não fuma, não bebe, não faz sexo antes do casamento, não dança e não joga. Somos agora socialmente definidos como uma classe de gente, um tipo de pessoa. E agora querem acentuar mais ainda a nossa miséria de sermos definidos, entendidos e, nada mais do que um objeto de analise social do comportamento religioso? Não! Defender uma causa evangélica NÃO!!! Já não basta partido evangélico, que só aumenta a aversão de algumas pessoas que enxergam nas nossas “causas” em defesa da moral crista, apenas uma fachada cujo interesse é se consolidar como um povo forte e distinto!

  10. Valmir, boa noite.

    Sou estudante de jornalismo e estou produzindo uma Revista Evangélica para jovens para o meu TCC, juntamente com outras integrantes. Nós não somos evangélicas e estamos discutindo diversas pautas para fechar a nossa revista. O nosso Trabalho de Conclusão de Curso se baseia em uma revista para garotas evangélicas, das classes B e C, de 17 a 25 anos , cujo tema principal são reportagens com viés comportamental, abordando assuntos como carreira, música, sexualidade, curiosidades, envolvidos sempre em ensinamentos bíblicos. A proposta do nosso trabalho é atingir o público feminino jovem evangélico, através de uma revista comportamental que atenda as necessidades desse segmento tão carente de informações ligadas ao seu universo e que se apliquem ao seu dia-a-dia, sem que haja interferência de uma ramificação religiosa específica no conteúdo editorial.

    Você poderia conceder uma entrevista para nós? Estamos trabalahdno em algumas pautas e gostaria de contar com o seu depoimento.

    Obrigada.

  11. Aluisio,

    Acredito que, como cristãos, precisamos ter um postura contundente sobre tudo o que ocorre na sociedade e também naquilo que acontece no chamado “mundo evangélico”. Manter-se alienados a isso é rasgar o mandato outorgado por Cristo à sua Igreja.

    Abç

  12. Valmir,

    Nesse caso fico com o Marco Feliciano na defesa da fé. Em uma guerra vale tudo. Os inimigos dos evangélicos não estão interessados em jogar limpo, como o próprio Marco mostrou nos casos de Silas Malafia, Estevam e Sônia Hernandes, David Miranda. Essa gente calunia a igreja com denuncias, mas não volta atrás para se retratar quando as denúncias são falsas. Só trazem notícias ruins da igreja. Eles estão fulminando a imagem do evangélico-cristão de todo jeito, enquanto o evangélico fica se auto-críticando…

    Devemos ter em mente que cada vez que um evangélico critica a sua fé ele está dando munição para o comunismo, o secularismo, o movimento gay, as feministas, os aborteiros, os macumbeiros, os maconheiros, os hedonistas, os islamistas, os ateístas, entre tantos outros que pretendem colocar uma forca no pescoço da já frágil igreja.

    Lembrem que a igreja morreu na Europa por causa dessa gente e da inércia dos evangélicos, como disse Peter Hitchens.

    No Brasil, o mesmo pensamento que matou a igreja européia dominou a mídia, as universidades, os centros culturais e as escolas. Já existe até lei querendo proibir a bíblia em repartições públicas…

    Se vocês não querem defender os ladrões, inventem pelo menos uma lógica para defender os outros pastores, os fiéis, a denominação, o sentimento cristão, afastar a imagem de leigos usados por espertalhões. Entrem com processo por difamação contra a Globo por relacionar o Edir Macedo à igreja, por discriminação religiosa, por calúnia, por perjúrio. Qualquer coisa…

    Essa gente dentro do esquema marxista, de modo doloso ou culposo, não está interessada em buscar nenhuma verdade. Eles querem apenas acabar com a igreja, porque dela partem os preceitos que impedem os interesses pérfidos deles. O único desejo deles em relação à igreja é o extermínio moral ou, se for o caso, físico mesmo.

    Não é paranóia. Basta ler Antonio Gramsci, Karl Marx, Lênin, e observar TODOS os países socialistas da história. Vá no PT, no PSOL, no PSTU, no PCdoB, e grite bem alto que você é evangélico! Você será expulso a ponta-pés…

    A feminista que professa a bíblia é expulsa do partido, principalmente pelas lésbicas que enxergam na bíblia toda a origem do suposto “machismo” (homem é a cabeça da mulher).

    O movimento gay usa imagens de Cristo na Parada Gay. Faz peça teatral com um Cristo gay. Dentro da Globo, a ala gay comanda todo o assédio moral contra os evangélicos.

    O movimento negro defende com unhas e dentes as religiões de matriz africana (i. e., macumba e feitiçaria), e, logo, o “respeito” pelo satanismo que eles praticam.

    Todo e qualquer evangélico e direitista vira espantalho na mídia, veja o Bush, o Berlusconi, o Olavo de Carvalho, o Diogo Mainardi, o Jorge Bornhausen, agora o José “demônio” Sarney. Olavo, especificamente, teve que trocar de país depois de quase ser morto pelo comunacho.

    Por outro lado, veja como a mídia e a “consciêntsia” nacional exalta o socialista e satanista Obama, os ateus-marxistas como Lula, Fidél, Che Guevara, Caetano Veloso, Chico Buarque, Gilberto Gil…

    Você já viu o Lula falar em Deus alguma vez? Um simples “graças a Deus”? Nem vai ver! Como marxista, o pensamento dele EXIGE o ateísmo. Você só verá o Lula xingando a bancada evangélica do senado de “hipócritas” como ele já fez, anda com ativistas gays como Luiz Mott, joga camisinhas no carnaval, bebe adoidado, Hugo Chavez, Morales, Fidél…

    Pense nisso, Valmir! Pelo andar da carruagem, daqui alguns dias o “demônio” será você na sociedade.

    Reparem que quem lhes fala isso não é um evangélico, mas um filho de evangélica que ajunta com vocês contra o mal que bate na nossa porta.

  13. Na verdade, os crentes e eu estamos do mesmo lado, Alessandro. O senhor que não entendeu o real sentido da política. Você imagina a política como sendo uma ideologia de vida, quando na realidade ela é o contrário: a vida é a ideologia da política.

    Eu não sigo ideologia, senhor Alessandro. A ideologia que defende o meu modo de vida. Ser direitista é ser contra o aborto, as drogas, os desvios sexuais, as ditaduras, a barbárie, o relativismo moral, ser à favor da liberdade de expressão, de religião, da propriedade privada, da família, da ordem, da moral…

    Evidentemente, o Comunismo anda na contra-mão de tudo isso, incluindo na contra-mão do Cristianismo, uma vez que, este, serve como base e medida para toda a cultura ocidental, o modo de vida, a moral, o código penal, etc.

    A sua idéia de que é possível ser evangélico sem ser de direita, infelizmente, é muito comum. Você é o tipo de pessoa que olha para os EUA e Israel, por um lado, e para China e para Cuba, por outro, mas não percebe as diferenças. Acha que é possível ser evangélico na Coréia do Norte…

    Os partidos dos “trabaiadores” estão lotados de evangélicos defendendo o fim da própria religião…

  14. Só para constar: eu acredito, obviamente, em Deus. A minha mãe é evangélica. Talvez eu ainda seja. Só estou dando um tempo.

    Quem é mais crente: eu, que ando dentro da palavra de Deus mas estou sem ir na Igreja, ou alguns personagens por aí defendendo o homossexualismo e insultando o Júlio Severo?…

  15. Irmão Valmir,
    Talvez tenha me expressado mal, não estava em hípótese nenhuma defendendo a Globo, nem Record. Entendi plenamente seu post, e concordo em número, gênero e grau. A mim causa indignação ver muitos irmãos desavisados, como o Sr. Renato, “comprando” uma briga que nada tem a ver com Cristo, posicionando-se contra ou a favor dessa ou daquela emissora enquanto pessoas como o irmão Júlio Severo é perseguido por pregar a Palavra de Deus.

  16. Caríssimos irmãos e irmãs em Cristo: Eis um excerto da carta do apóstolo Paulo endereçada a Tito, 1,7-9, na tradução NTLH:

    7Pois aquele que tem a responsabilidade do trabalho de Deus, como bispo, deve ser um homem que não possa ser culpado de nada. Não deve ser orgulhoso, nem ter mau gênio, (…), nem ganancioso. 8Deve estar disposto a hospedar pessoas na sua casa e deve amar o bem. Deve ser prudente, justo, dedicado a Deus e disciplinado. 9Deve se manter firme na mensagem que merece confiança e que está de acordo com a doutrina. Assim ele poderá animar os outros com o verdadeiro ensinamento e também mostrar o erro dos que são contra esse ensinamento. Só uma perguntinha: Como o tal “Bispo” conseguiu enriquecer-se tão rapidamente e em tão pouco tempo, e com um patrimômio tão alto e elevado, como a mídia nos mostra? Como ele conseguiu tudo isso? Onde trabalhou? Quem é o patrão, que tão bem o remunerou?

  17. marcos felicinao tá entrando na no diabo?
    alguem pode me responder por favor?
    ou ele é um estorquiador do fieis?
    QUANTAS SUPRESAS HAVERÁ NO DIA DO HARPAZO

    estou aguardando alquem me dizer alguma coisa

    joaoreys.reys@ig.com.br

  18. marco feliciano tá entrando na no diabo?
    alguem pode me responder por favor?
    ou também, ele é um estorquiador do fieis?
    QUANTAS SUPRESAS HAVERÁ NO DIA DO HARPAZO

    estou aguardando alquem me dizer alguma coisa

    joaoreys.reys@ig.com.br

  19. Amigos e irmãos,

    Parece-me que a idéia “diluviana acerca da arca” é muito boa!…

    O Iminente Justo Juízo sobre a terra…

    Uma grande “Arca cheia de bichos” – cuja a identificação nominal nos foi dada pelo Pr. Feliciano; todos “fedendo” e “fazendo porcaria” das mais diversas no interior da referida arca!

    Enquanto ísso…

    O Justo Juíz em Sua Vontade Permissiva, “mostra a obra de cada um” … bodes e porcos, sob a batuta do Pr. Marcos Feliciano (que bicho é esse?), entoando o cântico…”vamos dar as mãos”! …

    Faltá-nos Noé, pois os bichos estão soltos!

    Maranata!

    Muito bom Valmir Nascimento, suas observações e considerações no texto.

  20. “Dai a cesar o que é de cesar e a Deus o que é de Deus”.

    Não me peçam para defender o erro só porque alguém é Cristão!
    Baseado nesta idéia,devem acobertar,os cristãos, todo o tipo de mentira em nome de irmandade!
    Não considero uma ação legítima do Ministério Público, porque este é o seu trabalho, como um to de impiedade.
    Parece até que para alguns não importa muito se alguma afirmação, de quem quer que seja, tem veracidade ou não.
    Importa tão somente o ser o tal evangélico!
    É evangelico, então vamos defender, não importando que se tenha que sustentar algumas inverdades!
    Isso contraria a biblia e nada tem de cristão!
    Devo condenar o impio quando ele aponta alguma ilegalidade de fato na vida de um cristão?
    Claro que não!
    Quando somos perseguidos por causa do evangelho, glória a Deus!
    Quando somos perseguidos por disviarmos verba de dízimos para fins particulares, MISERICÓRDIA!

  21. Excelente comentário…acima da pretensa lealdade a uma causa que tem gerado o enriquecimento ilícito de uns poucos, devemos primar pela lealdade ao Evangelho de Cristo.

    Irreparável.

    O Senhor Jesus te abençoe abundantemente.

  22. GLOBO por favor mira nas demais igrejas evangélicas!
    será que não tem escândalos nelas?
    São tão perfeitas assim?
    Ah! prá sorte delas não estão na mídia como a IURD né…
    Uma busca rápida o google e veremos…

  23. “Disse Jesus: E todo aquele que tiver deixado casas, ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe, ou mulher, ou filhos, ou terras, por amor de meu nome, receberá cem vezes tanto, com perseguição, e no povir herdará a vida eterna.
    Porém, muitos primeiros serão os derradeiros, e muitos derradeiros serão os primeiros.”
    Mateus 19:29-30

  24. Naquele tempo, respondendo Jesus, disse: Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, que ocultaste estas coisas aos sábios e entendidos desde século, e as revelaste aos pequeninos.”Mateus 11:25

  25. Parabens Valmir pelo artigo. Não suporto ver essas coisas de crentes querendo disfarçar. O Edir Macedo como crente e se a record estivesse a serviço de Jesus não passaria tantos programas, filmes e outros coisas tão imorias como vem apresentando. A bíblia diz que eu e minha casa serviremos ao Senhor.

    Não estou defendendo a globo, mas apenas para esclarecer tanto record como globo são canais cheio de imoralidades nas suas apresentações.

    Um grande abraço!

  26. concordo, integridade em primeiro lugar, amor a obra não e ser cego para as evidencias amor a obra é saber discernir, então , primeiro olho os frutos depois defendo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s