Os nossos notáveis senadores


Discussão

Renan apontou para Tasso e disse “minoria com complexo de maioria”, se referindo aos pedidos da oposição para que Sarney deixe o cargo [Terra]

discussao2

“Não aponte seu dedo sujo pra mim”, respondeu o tucano [Terra]

A palavra senador provém do latim, Senatus, que é a mais remota assembleia política da Roma antiga, com origem nos Conselhos de Anciãos, da Antiguidade oriental (surgidos após o ano 4000 a.C.), registra a wikipédia. Daí a origem de seu nome, de senex, velho, idoso. Era uma assembleia de notáveis (…)

Era, porque atualmente de notável somente as baixarias; os atos secretos do Sarney; o “engula suas palavras” do Collor para o Pedro Simon e, mais do que recente, o quebra-pau entre Renan Chalheiros (errei a digitação e resolvi deixar) e Tasso Jereissati. Uma Excelência disse para a outra : “minoria com complexo de maioria“; e a resposta veio: “Não aponte seu dedo sujo pra mim“.

Caros leitores, nosso Senado Federal virou (em verdade sempre foi, mas agora ficou pior) um verdadeiro palco de baixarias. Um antro de debates inúteis; discussões imprestáveis e acordos por debaixo do pano, enquanto nossa sociedade caminha às minguas, com o crescimento da desigualdade social, desemprego e calamidades na Saúde e na Segurança Pública.

Sinceramente, não sei até quando a sociedade brasileira haverá de aceitar passivamente esses descalabros no Congresso Nacional.

www.comoviveremos.com

Anúncios

3 comentários sobre “Os nossos notáveis senadores

  1. O barco vai de mal a pior. Aquilo lá é como um Navio Fantasma do Capitão Barbarossa, ou Bigode-Roxo… Esse é o preço da democracia?

    Estarei repercutindo na Confeitaria.

  2. Só quero saber quando é que eles vao trabalhar de verdade. Daqui apouco vai sair no tapa só falta isso. alguem esta ganhando com isso,é ai que mora o perigo de votarem leis prejudiciais ao povo. estamos de olho.

  3. Caro Valmir:

    Tomo a liberdade de republicar aqui o post que publiquei sobre o mesmo assunto no blog do pastor Altair Germano:

    “O que mais me espanta são as esdrúxulas alianças.

    “Renan Calheiros abandonou Collor, que defenestrou Sarney, que, por algum tempo, andou rosnando para Renan, que aderiu a Fernando Henrique (foi seu Ministro da Justiça), mas o abandonou depois, para, então, ser presidente do Senado com o apoio de Sarney, que depois teve o apoio de Renan para a presidência, e ambos se juntaram a Collor, que chamou Lula de cambalacheiro e usou “golpe baixo” para derrotá-lo, que agora chama Sarney, Collor e Renan de “cumpanheros”.

    “Mas vamos descer um pouco para a planície.

    “Como ficam aqueles que não dão nota fiscal para sonegar impostos, não devolvem o troco a mais que recebem do supermercado, não comparacem ao trabalho, quando exercem cargo de confiança no serviço público, dirigem em velocidade além da permitida no trecho rodoviário, votam e prometem o voto da igreja em troca de sacos de cimento, pisos, bancadas, sistema de som etc., roubam o sinal da TV a cabo do vizinho e nada pagam para assistir os seus programas prediletos, fazem “gato” na rede elétrica para não pagar a conta de luz, subfaturam a compra de suas casas ou outros imóveis para pagar menos ITBI, adulteram os taxímetros e as balanças comerciais para auferir lucros fraudulentos e apresentam documentos falsos para receber vantagens indevidas, além de outras práticas consideradas “normais” que tornariam a lista grande?

    “Para nossa tristeza, o Congresso Nacional é apenas o espelho do que é a nação!

    “Já passou da hora começarmos, cada um de nós individualmente, um programa de tolerância zero com os nossos atos. Quem sabe, aí sim, as coisas melhoram lá em cima?”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s