Artigo publicado no Observatório da Imprensa


Artigo de minha autoria publicado no site Observatório da Imprensa com o título “O joio e o trigo“. Vai lá!

Anúncios

Um comentário sobre “Artigo publicado no Observatório da Imprensa

  1. Gostei do texto e concordo que é preciso divulgar sim o joio tanto quanto o trigo.

    O que não concordo é que se esteja publicando só o joio. Isto definitivamente não é o que acontece: se estamos falando em media de massa, em TV prioritariamente,
    basta pensar na rede Record de televisão que publica sua visão ideológica explicitamente, que põe programas de teor evangélico no ar e que expõe tudo isso sem quaisquer problemas editoriais — já que é dirigida por bispos. Lembrando que a Rede Record de televisão é uma das maiores do país!

    O que quero dizer é que há espaço de sobra pra publicação do que você chama de trigo: uma enorme rede de televisão com fôlego suficiente pra concorrer com a rede Globo, SBT, etc.

    O que ocorre, ao meu ver, é que quando aqueles que se arvoram a “povo eleito”, e reduto privilegiado da fé e da moral, são pegos sordidamente envolvidos em comportamento criminoso, isso obviamente vira um escândalo de dimensão enorme, gera controvérsia, suscita debates violentos, intrigas, etc. Só pra ficar no exemplo da rede Record, de televisão.

    Vários programas evangélicos não só divulgam todo o seu “trigo”, mas fazem ainda mais: divulgam milagres! Existe algum “trigo” maior que um milagre de Deus?! E isso é divulgado cotidianamente! São inúmeros os casos — eu cansei de assitir — de cegos que voltam a enxergar, dores que saram subitamente, aleijados que voltam a andar perfeitamente… todo tipo de mazela é curada em programas que tem a audência mais fiel e que também é muito numerosa: a audiência evangélica.

    Como você pode dizer que só se publica o joio?!

    E as notícias que “denigrem” membros da igreja evangélica só existem porque alguns dos próprios membros se comportam da maneira mais abjeta: as notícias sórdidas só existem porque alguns evangélicos produzem a matéria prima de igual teor, a sordidez, com seus comportamentos eticamente obscenos.

    Se comportamentos hediondos desta natureza não fossem praticados, certamente que não existiria notícias sobre eles na imprensa, e se existissem, não ficariam comprovados.

    Portanto, “a fé cristã” tem sim muito espaço em media pra divulgar todo o seu trigo. A minha hipótese é a de que talvez o trigo divulgado não seja suficiente pra superar o joio escandaloso e hediondo que às vezes escapa, e que deve sim ser flagrado e publicado com a mesma tenacidade.

    Abraço e paz, irmão!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s