O ministro e a maconha: nunca antes na história desse país


O ministro e a maconha: nunca antes na história desse país

por Valmir Nascimento Milomem
 
O Brasil é terra de ninguém mesmo. Por aqui acontecem coisas que até Deus duvida. Exemplo claro: Ministro do primeiro escalão do governo federal (Carlo Minc) participando de marcha pública pela descriminalização do uso da maconha. É de estarrecer. Como disse Reinaldo: “Irresponsável. É isso o que Minc é. Ele é ministro de Estado. Se vai a uma marcha da maconha, leva a voz do governo. A música que embalou a passeata, como se noticiou, era a tal “Vou apertar, mas não vou acender agora”, toda ela feita de referências um tanto desairosas à Polícia — e, pois, ao estado —, em oposição à suposta esperteza da nata da malandragem”.

O refrão da música também é pura balela. Quem diz que só “vai apertar” é porque já “acendeu” há muito tempo e, pior ainda, incentiva jovens e adolescentes a acenderem também. Além da conduta do ministro do meio ambiente ser moralmente repugnante é, também, logicamente paradoxal. Enquanto o governo tenta reprimir o uso de entorpecentes, um dos seus maiores representantes age no sentido contrário. Ora, como disse o próprio Jesus: Reino, cidade ou casa dividida contra si mesma não subsistirá (Mt. 12.25).
 

Porém, infelizmente, parece que ideologicamente a casa não está tão dividida assim, afinal a grande maioria dos ministros do primeiro escalão do governo Lula são notórios defensores de políticas e idéias que afrontam diretamente os valores morais e, sobretudo, cristãos, tanto é assim que após a marcha, o ministro da maconha, digo, do meio ambiente, chegou a afirmar que a descriminalização da maconha tem também o apoio de José Gomes Temporão (Ministro da Saúde), Tarso Genro (Ministro da Justiça) e Nimário Miranda (Direitos Humanos).

A depender da cosmovisão dessa turma que aí está no poder, ocupando cargos chaves, responsáveis pelo direcionamento das principais ações governamentais e também do país, o caminho para o esfacelamento moral da cultura brasileira já está bem aberto, cujas conseqüências, vale anotar, acabam afetando toda a sociedade. E não estou falando somente de uma ou de outra forma de pensar isolada, não, mas de um conjunto sistemático de idéias que rompe os padrões de retidão e de moralidade e valores familiares como nunca se viu na história desse país. Realmente, esse é o refrão ideal.

Nunca antes na história desse pais, havíamos visto um presidente tão conivente com a causa homossexual a ponto de chamar todos aqueles que lhes são contrários de portadores de problemas mentais.

Nunca antes na história desse país, tivemos um ministro de saúde que levantou com tanta empolgação a bandeira da liberação do aborto, dizendo tratar-se de direito da mulher e questão de saúde pública.

Nunca antes na história desse país,  o Sistema Único de Saúde patrocinou cirurgias de mudança de sexo, enquanto outras pessoas vão morrendo em hospitais públicos por causa da falta de médicos, equipamentos, remédios e estrutura.

Nunca antes na história desse país, o governo federal comprou tanto lubrificante íntimo Ky Gel, cuja finalidade certamente não é amaciar pés rachados.

Nunca antes na história desse país, um ministro do meio ambiente fez propaganda pública que, indiretamente, fomenta o uso de entorpecentes.

Enfim, nunca antes na história desse país a moral foi tão vilipendiada publicamente!
 
E Agora, Como Viveremos?

Anúncios

12 comentários em “O ministro e a maconha: nunca antes na história desse país

  1. A Paz do Senhor, prezado irmão Valmir.

    Quero manifestar aqui meu apoio irrestrito e incondicional à tão contundente denúncia. Imagino bem qual seja o teu sentimento e indignação diante de tamanha aberração “da natureza”… rsss!

    Recentemente noticiei em meu blog É LEGAL SER CRENTE a coragem do judiciário paraibano ao acolher a pretensão do MP pela suspensão da famigerada MARCHA DA MACONHA em João Pessoa. Posteriormente os estados de São Paulo e Bahia fizeram o mesmo.

    Qual não foi minha surpresa (surpresa mesmo!) quando em coro um grupo de MACONHEIROS (como eles mesmo se identificam) acessou o blog e deixou efusivos comentários favoráveis à legalização da “erva” e liberação do consumo de forma “controlada”. Do you believe?

    Pois bem, parece que depois do fiasco da MARCHA eles aquietaram um pouco, mas o post permanece aberto para debate e comentários.

    Para saber mais sobre o que foi dito ali, acesse:
    http://elegalsercrente.blogspot.com/2009/04/bom-senso-sinal-de-mente-limpa.html

    http://elegalsercrente.blogspot.com/2009/05/do-olho-do-furacao.html

    Quem pode dizer: “Queima Jesus!”?

    Um abraço.

    Em Cristo Jesus,

    Robson Silva
    Prossigo para o Alvo…
    É Legal ser Crente

  2. Muito bom, seu texto. Vou postar no meu blog. Realmente, é lamentável. O pior é que entre os evangélicos vemos os que se levantam para defender com unhas e dentes esses anti-cristos.

  3. Caríssimo irmão Walmir,

    “Diga ao povo que marche, Walmir,
    Eu te escolhi, no meio do povo; eu te preparei, pra libertar o meu povo das maos de Faraó, que está a torturar pelo uso da maconha…”

    Marchar significa seguir o caminho determinado por Jesus; uma jornada com Deus rumo ao Céu; o caminho da renúncia.
    Muita gente é convidado a marchar pela maconha, para satisfazer um desejo da carne, do eu, do pecado, do mal, do mundo.

    O homem que segue pelo caminho da salvação e marcha impoluto para o Céu, deixando o passado para trás e olhando firme para o alvo, os teus ouvidos ouviram “a palavra do que está por detrás de ti, dizendo: ‘Este é o caminho; andai nele sem te desviares nem para a direita, nem para a esquerda’” . Diga ao povo que marche, não pela descriminalização do uso da maconha, mas para o encontro com o PAI.
    Lembre-se: somos chamados por Deus, para sermos MINISTROS DE DEUS, MINISTROS DO EVANGELHO, EMBAIXADORES DE CRISTO NA TERRA, e não para ser ministro do homem, ministro da maconha.
    Marcha da maconha é marcha da escravidão. Nossa marcha é para a libertação!

  4. Robson,

    Muito bom. Esses debates são importantíssimos. Aqui no blog, alguns participantes desse movimento sempre aparecem.

    Mas, você já percebeu como eles não querem debater? Simplesmente fazem acusações e agreções de que os crente são isso e a igreja aquilo outro? Pois então, tudo isso porque eles não possuem argumentos convincentes e lógicos para sustentar suas opiniões, notadamente no que diz respeito à liberação do uso da maconha.

    Ou seja, eles querem liberdade, mas não aceitam a liberdade de expressão para contrariá-los.

    É assim.

    Abç

  5. Fratermaurício,

    Exato. Marcha da maconha é marcha da escravidão do vício. É tão simples, mas os participantes não conseguem perceber algo tão claro como esse, afinal, estão cegos.

    Agora, cumpre-no abrir-lhes a visão.

    Em Cristo

  6. Em um pais sério, fazer e dizer o que esse ministro (MINC), ou teria se suicidado de vergonha, ou no mínimo pedido exoneração do cargo.

  7. Acho incrível a hipocrisia de vcs!
    Vcs acham certo ou eficiente a maneira como “se combate” o tráfico?? Nunca ouvi falar de um ser humano que seja que morreu por ter fumado um baseado, ou que tenha se sentido valentão e partido pra cima de pessoas pra mostrar o qto é bom de briga (o álcool causa isso), nunca ouvi falar de alguém que fumou um baseado e espancou a esposa e filhos ao chegar em casa, nem que atropleou não sei qtos numa calçada… O que acho ineficaz e burro é a maneira como tratam a coisa. Este tabu criado em torno da maconha precisa acabar, nada do que falam é bem fundamentado, nem a própria lei. As armas usadas para combater o tráfico que matam, matam para proibir pessoas de comprarem e venderem; aí saem matando pessoas e nada é resolvido! É por este motivo que nosso país realmente não vai para frente! Pq o povo gosta de ser enganado, o povo é manipulado o tempo todo, não têm opinião própria, são papagaios.
    Enfim…parece que só agora, digo agora pois este projeto foi para a câmera em 1997 e só agora resolveram realizar a votação, mais de dez anos depois…é sobre a lei que tornará possível a doação de alimentos que ainda estão bons para serem consumidos à pessoas sem condições adequadas de alimentação, ou seja, alimentos de feiras livres, restaurantes em geral, etc, serão doados para estas pessoas. Quer dizer, apenas 12 anos depois deram importância a este projeto. Não tem sentido, nossos governantes realmente estão perdidos, e há tempos…. Defendo a discriminalização da maconha e a legalização tb!! Dinheiro não é pra ser gasto para compras de armas para proibirem pessoas de vender, comprar, consumior etc… Se for assim proibam o álcool, o refrigerante, todos os fast foods, o cigarro, e varias outras coisas. Isto tudo aí é que mata, e nada do problema ser resolvido. Persistir no erro é burrice. Nosso dinheiro tem q ser gasto com melhoras para a saúde, alimentação, educação, lazer, etc.
    Entenderam??
    Não à hipocrisia e a chucrice deste povo!!
    Não deixem que substimem as suas inteligências! Exijam respeito e queiram ser respeitados.

  8. Querida Júlia,

    É impressionante como você tentou se valer dos arcaicos e fracos argumentos em prol da descriminalização do uso da maconha. Utilizo a palavra – tentou – porque na verdade você não disse coisa com coisa. Tentou fundamentar, mas não fundamentou. Tentou argumentar, mas não argumentou. Enfim, você mesma replicou, como um papagaio, a síntese da pseudo-defesa daqueles que participam do movimento pela liberação do uso da maconha que, na grande maioria, é composta por usuários da cannabis e tentam, aos gritos emocionalistas, impor sua forma de vida desregrada a toda sociedade.

    Não vou repisar aqui os vários argumentos que contrariam essa idéia estapafúrdia. Já falei sobre esse assunto várias vezes aqui no blog. Assim, aconselho que antes de tentar entrar num embate, leia os outros posts que já escrevi sobre o tema. Eis os links:

    http://comoviveremos.com/2007/05/11/a-liberacao-da-maconha-no-brasil-1/
    http://comoviveremos.com/2008/03/09/a-liberacao-da-maconha-no-brasil-2/
    http://comoviveremos.com/2009/02/15/liberacao-da-maconha-reduzindo-gastos/

    Outra coisa. Para sermos mais práticos. O que você me diz sobre os resultados da liberação da maconha em Amsterdã na Holanda? Como você deve saber, os holandeses viram a liberação do comércio de drogas atraiu “os turistas de entorpecentes” dispostos a consumir de tudo, não apenas maconha. Isso fez proliferar o narcotráfico nas ruas do bairro boêmio. O preço da cocaína, da heroína e do ecstasy na capital holandesa está entre os mais baixos da Europa.
    E agora, Julia?

  9. O uso das drogas eh uma coisa totalmente natural que todos os animais (incluindo os seres humanos) fazem, sim eh verdade a maioria dos animais procuram se intoxicar com frequencia, e soh procurar.
    O uso de intorpecentes/intoxicantes entre humanos tem registros (Somente registro por que o uso deles eh pre-historico) a mais de 8,000 anos atras! E uma lei proibicionista com menos de 100 anos tentou acabar com isso, o efeito, o uso de intropecentes aumentou 400% e a violencia disparou.
    Lembram de Al Capone? O maior traficante de alcool quando o alcool era proibido nos Estados Unidos, Alcool foi proibido e o efeito disso foi devastador, a violencia relacionada com o trafico de alcool aumentou tanto que tiveram que re-legalizar, e eh isso que esta acontecendo hoje em dia, a violencia relacionada ao trafico de drogas mata mais do que as proprias drogas! Eh verdade, mais de 30 mil pessoas morrem por ano no Brasil por causa do trafico.

    Quem que disse que uma pessoa nao tem o direito de usar uma droga? MACONHA, COCAINA, OPIO Faz Mau? Sim! Eh problema seu? Nao.. se a pessoa escolhe usar uma droga eh a escolha dela, se ela quer tratamento para parar de usar, use o dinheiro das taxas cobradas sobre as drogas para trata-las, elas nao conseguem largar mesmo assim? Amarra no pe da cama. Nao parou ainda? Ai ja nao eh mais vicio eh teimosia!!

    Voce ja imaginou uma coisa que voce faz ser proibida? Como eu vi aqui muitas pessoas sao religiosas nessa discussao, Ja imaginou se Religiao fosse proibida?
    -Ah mas nao faz sentido proibir religiao!
    -Ah mas eu tenho motivos para proibir religiao, eh uma perca de tempo, religiao tira proveito dos fieis usando divinidades para tirar proveito, eh anti-etico pois religiao causa muitas brigas entre fieis de diferentes religioes. Eu como Presidente da “Republica” declaro religiao ilegal!
    -Nao mas ….
    -Cala a boca eu sou presidente!
    -Mas..
    -Vai ser preso se nao ficar quieto, e se voce tentar mudar a lei fazendo passeatas pelas ruas eu vou proibir isso tambem VOU CHAMAR DE APOLOGIA A RELIGIAO!

    Ja pensou nisso?
    O uso de drogas como maconha e LSD, nao faz sentido serem ilegais, fazem muito menos mau do que drogas que ja sao licitas. Que palhacada eh essa?

    Ah mas drogas fazem mau! Pow mas gordura, cafe, sal, doces, tabbaco, alcool, tambem fazem mau, vamos proibir essas coisas e vamos ver se a qualidade de vida melhora? Nao pq vai ter traficante de Banha na esquina armado de fuziu.
    Gente acorda proibir nao ajuda em nada soh piora, imagina soh se um parente seu trabalhador, leva uma bala perdida e morre?
    Soh porque voce acha que uma coisa eh imoral!!!
    Eh isso ai que acontece todo dia! Os usuarios nao vao parar de usar drogas, pessoas vao continuar morrendo, policiais, bandidos, e pessoas que nao tem nada a ver e que nunca chegaram perto de drogas. ACORDA AQUELAS COISAS QUE ACONTECEM NAS FAVELAS E QUE VOCE VE NA TV SAO REAIS, NAO EH BRINCADEIRA. TEM GENTE INOSCENTE MORRENDO CARAMBA, TUDO POR CAUSA DE MORAL!

    ACORDA
    ACORDA
    ACORDA
    Tem gente inoscente morrendo, o governo financia o trafico tanto quanto os usuarios. Os usuarios nao vao parar o geito eh acabar com a lei.

    Drogas sao normais, voce nao gosta delas? OOOOOOOTIMO PRA VOCE, soh que nao condene as pessoas que as usam, ja pensou se proibicem gordura e religiao?
    Ah mas nao faz sentido? Eu sei, proibir drogas tambem nao faz sentido.
    Eu ja expliquei que nao gosto de religiosidade, mas nem por isso acredito que deveria ser proibido, porque eh a escolha da pessoa, eu prefiro meu acido e a minha Marijuana.
    Nao condene se nao queis ser condenado!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s