A RAINHA, OS CANTORES E OS GAYS


Ultimamente os gays têm aparecido bastante na mídia. Infelizmente de forma negativa. Em entrevista a um gay a cantora Claudia Leitte, grávida, ouviu a pergunta que não esperava [“Seu filho vai ser gay?”] e deu a resposta que a comunidade homossexual também não esperava. “Meu filho vai ser macho e bem criado”.

Recentemente, dois marmanjos, um negro e o outro branco, foram expulsos de uma festa na Universidade de São Paulo (USP) devido às trocas de carícias e beijos ardentes de língua. Um homossexual estuprou uma garotinha de quatro anos, sobrinha do homem com quem ele morava há dez anos. As manchetes omitiram a informação da homossexualidade. Internamente, o Terra, por exemplo, se limitou a dizer que o acusado era “companheiro” do tio da vítima. Deixa os companheiros do PT saberem disso…

Leia o restante dessa excelente reflexão no blog do amigo José San Martin

Anúncios

2 comentários em “A RAINHA, OS CANTORES E OS GAYS

  1. .

    Continuo aguardando a pesquisa do San sobre a fartura de verbas públicas que estão sendo repassadas ao “grupo gay da Bahia”, enquanto outros grupos da mesma natureza que lidam com aidéticos viram suas fontes minguadas.

    Muito interessante esta contribuição do Governo para dar suporte a um ativismo gay com o dinheiro dos impostos que eu e você pagamos. E esse dinheiro é usado inclusive para processar crentes e católicos em nome de uma modernidade e combate à homofobia.

    Que homofobia?
    Onde Crentes e católicos estão promovendo a “caça aos gays”? Da mesma forma que os MSTs da vida, alguns gays também descobriram como mamar nas “tetas” das verbas públicas, com uma descarada desculpa de discriminação usando como bodes expiatórios os Crentes.

    Agora uma prova desta verdade, dita por alguém da imprensa secular:

    Excerto docomentário do jornalista Janer Cristaldo
    No mídia independente:

    http://www.midiaindependente.org/pt/blue/2006/05/354666.shtml
    “Sou, isto sim, doentiamente mecenatofóbico. Da mesma forma que abomino cineastas, músicos, escritores e gente de teatro metendo a mão no bolso do contribuinte, vejo os homossexuais como corruptos e cúmplices de corruptos quando assumem o mesmo gesto. Não vejo razão nenhuma para que o Ministério da Cultura financie paradas de deslumbrados nem privilegie determinados comportamentos na cama. Ser homossexual, para mim, é opção individual, não uma questão de Estado. Quanto mais distante permanecer o Estado das questões morais, melhor para a saúde do cidadão.” Janer Cristaldo.

    Também escreveu José Maria e Silva, do Jornal Oção
    http://www.jornalopcao.com.br/index.asp?secao=Reportagens&idjornal=242&idrep=2312

    “Enquanto isso, por ocasião da visita do Papa ao Brasil, o Grupo Gay da Bahia, liderado pelo antropólogo Luiz Mott, queimou fotos de Bento XVI, numa clara incitação à violência física. E o que é mais grave — queimou as fotos do Papa justamente na porta da Catedral da Sé, em Salvador, numa óbvia invasão da propriedade alheia. Um pastor não pode pedir — pacificamente — que um comerciante deixe de patrocinar um jornal gay, mas os gays podem invadir um templo e queimar — violentamente — a foto de um religioso. Ou seja, antes mesmo de aprovada a Lei Anti-Homofobia, já estamos sob a égide da ditadura gay. (José Maria e Silva)

    Concluindo, se ficarmos quietos, em breve veremos uma perseguição sistematizada, em cima de Pastores e crentes (bodes expiatórios) sustentada por verbas do governo.

    .

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s