CGADB PODERÁ PARTICIPAR DE AUDIÊNCIA PÚBLICA NO STF


Depois de termos noticiado nesse blog acerca da não participação da CGADB nas audiências do STF acerca do aborto dos anencéfalos, muito água rolou debaixo da ponte. O debate transitou também pelo blog do Pr. Geremias do Couto, e, entre várias manifestações, percebeu-se que o silêncio da CGADB não se deu por premeditação, mas – talvez – pela falta de atuação constante nessas esferas.

Em seu blog, o Pr. Geremias do Couto escreveu: “Estou seguro, todavia, que essa “omissão” é mais por falta de costume do que por desinteresse. Pensamos muito em nossa responsabilidade evangelística e de edificar a igreja, mas, como bem mencionou o Gutierres em outros tópicos (eu mesmo venho trabalhando nisso há alguns anos), não temos ainda apreendido o senso completo da cosmovisão cristã, que implica olhar o nosso papel na vida de maneira integral, e não apenas circunscrito à vida religiosa.”

O Pr. Silas Daniel, que tem nos mantido informado sobre o assunto, e inclusive, tem lutado pela defesa da fé para além dos templos religiosos, também escreveu inicialmente: “Adianto que concordo com todos que criticaram aqui a ausência da CGADB nas audiências, mas apenas ressalvando que essa omissão não foi premeditada. Logo que li nos jornais sobre as audiências, comuniquei o fato e a resposta que recebi é que o pessoal da CGADB não estava sabendo das audiências. Foi por puro desconhecimento que não se inscreveram, e não por descaso. Logo quando souberam, se interessaram em participar e já estavam definindo um nome para representar a AD na audiência.”

Como disse, muita coisa aconteceu, e para melhor.

Hoje o Pr. Silas Daniel nos informou que a CGADB poderá participar da última audiência no STF, prorrogada para o dia 16 de setembro. Ele escreveu aqui no blog: “Prometi dar sequência ao assunto da audiência do STF. Pois bem, aproveito esse espaço para informar aos leitores deste blog que o representante da CGADB não leu o posicionamento da AD no dia 4 de setembro nem na audiência do STF nem no Congresso Nacional porque o STF anunciou que vai ter outra audiência na semana que vem, ocasião em que, conforme fui informado pelos irmãos de Brasília, o texto será lido. Como o tempo da última audiência foi extrapolado e mesmo assim não deu tempo de todos os inscritos participarem, o STF marcou a quarta audiência, se não me falha a memória, para o dia 16 de setembro. Segundo fui informado, a participação da CGADB nessa próxima audiência está confirmadíssima”.

Portanto, esperamos que isso se concretize, e que a CGADB apresente o posicionamento de uma igreja evangélica ortodoxa, a fim de que não se permita que o aborto de anencéfalos seja aprovado, e que não permaneça a idéia de que o pensamento defendido pela IURD na primeira audiência é dominante entre os evangélicos no Brasil.

Anúncios

11 comentários em “CGADB PODERÁ PARTICIPAR DE AUDIÊNCIA PÚBLICA NO STF

  1. A paz Valmir.

    Parabéns pelos textos do blog. Acredito que realmente, a CGADB, como disse o pr Geremias, se omitiu por falta de atuação, e não por desinteresse, ou fuga dos assuntos em pauta, até por que temos massas à altura para atuar no mesmo nível dos debates no STF.

    Todavia, o puxão de orelhas vosso, e dos demais blogueiros, contribuiram para um despertar para os assuntos, tanto que já estamos vendo a CGADB se mover.

    Grande abraço
    Geziel

  2. Com certeza a CGADB vai participar quando outro bonde da história passar. A assessoria do pr. Zé Wellington comeu bola feio. Lamentável deixar um assunto de tamanha relevância nas mãos de bispos vasectomizados e sacerdotes celibatários… Ambos grupos entendem tudo de reprodução!

  3. Talvez, quem sabe, ou até daqui algumas décadas, nossa CGADB estará participando ativamente destas audiências públicas. Mas isto é correto? A bíblia ratifica isto? Ou num futuro próximo? Creio que não. Igreja ou denominação deve usar-se como “porta que ninguém pode fechar” para adentrar no mundo da corrupção política? Também entendo que não há alicerce bíblico p/ tal. Mas acreditem, daqui duas ou três décadas isso será trivial no meio “CGADB”, pois tudo aquilo que não aceitamos nas “seitas”, estaremos fazendo. Hoje fazemos como denominação a maioria das coisas que nossos avós e papais condenavam. Mas é que eles não tinham educação, curso superior, etc. E estaremos com cadeiras cativas nas tais audiências públicas. Mas Inri Cristo sempre responde: Tu és o rei dos judeus? Sim, claro que sou. Tu és o Cristo? Claro, e o paphai está comigo”

  4. Interessante algumas explicações, após a terceira audiência pública.
    Fico pasmo ao ler: “Estou seguro, todavia, que essa “omissão” é mais por falta de costume do que por desinteresse. ”
    Ora, trata-se de ato mencionado, por todos os meios da mídia, será que esta “falta de costume” é uma explicação ou uma desculpa esfarrada, de quem está ausente e inconsciente de uma discussão tão importante.
    Eu, como outros publiquei sobre o assunto dando detalhes e minha opinião, não podemos mais ficar à mercê deste tipo de liderança, em hora tão difícil. Hoje é sobre o aborto, amanhã poderá ser contra a pregação do Evangelho e ….
    Depois aparecem os candidatos ‘apadrinhados” de certas “burguesias”, ditas, lideranças evangélicas, em jornais das Assembléias de Deus, acusando o Poder Judiciário ou as maiorias legislativas, “não nos deram ouvidos, pois foi voto de lideranças[o que não é ocaso]”. Ora, foram eleitos com ajuda das lideranças e não se pronunciam , assim como seus apoiadores.
    Sl.139.15 Os meus ossos não te foram encobertos, quando no oculto fui formado, e esmeradamente tecido nas profundezas da terra.16 Os teus olhos viram a minha substância ainda informe, e no teu livro foram escritos os dias, sim, todos os dias que foram ordenados para mim, quando ainda não havia nem um deles.
    Mc.3.4 Então lhes perguntou: É lícito no sábado fazer bem, ou fazer mal? salvar a vida ou matar? Eles, porém, se calaram.Lc.12.23 Pois a vida é mais do que o alimento, e o corpo mais do que o vestuário.Atos.17.25: pois ele mesmo é quem dá a todos a vida, a respiração e todas as coisas;Jó 3.16 ou, como aborto oculto, eu não teria existido, como as crianças que nunca viram a luz
    Outra resposta é no mínimo interessante:
    “A bíblia ratifica isto? Ou num futuro próximo? Creio que não. Igreja ou denominação deve usar-se como “porta que ninguém pode fechar” para adentrar no mundo da corrupção política?”
    Não se trata de ação política, mas jurídica e em defesa da vida.
    Nós evangélicos queremos e devemos sim, dar nossa opinião através de nossas lideranças.
    Primeiro por se tratar de proteção de vida e pelo que me consta a Bíblia nos ensina que toda a vida vem de Deus, então estamos nos pronunciando sobre um assunto bíblico.Precisamos ser como Paulo aprender a apelar para César.
    As lideranças evangélicas com exceções, está fazendo, como muitos fizeram no julgamento de Paulo em Roma, não compareceram para apoiá-lo.Ao irmão que se pronunciou com este tipo de comentário, que tal ler Atos dos Apóstolos e II Timóteo 4, de novo.
    II TM.4:11.ss: só Lucas está comigo. Toma a Marcos e traze-o contigo, porque me é muito útil para o ministério. Quanto a Tíquico, enviei-o a Éfeso. Quando vieres traze a capa que deixei em Trôade, em casa de Carpo, e os livros, especialmente os pergaminhos. Alexandre, o latoeiro, me fez muito mal; o Senhor lhe retribuirá segundo as suas obras. Tu também guarda-te dele; porque resistiu muito às nossas palavras. Na minha primeira defesa ninguém me assistiu, antes todos me desampararam. Que isto não lhes seja imputado. Mas o Senhor esteve ao meu lado e me fortaleceu, para que por mim fosse cumprida a pregação, e a ouvissem todos os gentios; e fiquei livre da boca do leão,
    O Senhor o ajudou, mas ele estava lá na audiência fazendo a sua defesa.
    Fraternalmente em Cristo
    Mas com firmeza.
    Osvarela
    SBC-SP-Br

  5. DISCORDO DOS EVANGÉLICOS, PELOS SEGUINTES MOTIVOS:
    1- MORTE CEREBRAL NÃO É SINÔNIMO DE SINDROME DE DOWN, COMO TÊM DIVULGADO .MORTE CEREBRAL E A PERDA DE TODAS AS FUNÇÕES CEREBRAIS.
    2- A MEDICINA TEM CONDIÇÕES DE PERFEITAMENTE DETECTAR A MORTE CEREBRAL E TENTAR SALVAR A LACTENTE DE UMA GRAVIDEZ DE RISCO , RETIRANDO O FETO.
    3- A LEI DE DOAÇÃO DE ÓRGÃOS ADMITE QUE A DOAÇÃO SE DÊ QUANDO HÁ MORTE CEREBRAL, ORA SE A LEI ADMITE A DOAÇÃO DE ÓRGÃOS, COMO SE PODE FALAR EM EXPECTATIVA DE VIDA, PARA UM SER SEM CÉREBRO, ELE DOA ÓRGÃOS MAS TEM EXPECTATIVA DE VIDA??????????? COMO PODEM EXPLICAR???? SE ASSIM FOR A LEI DE DOAÇÃO DO ÓRGÃOS TEM Q SER ALTERADA????
    4- E A MÃE?? JA PARARAM PRA PENSAR EM COMO DEVE SER GUARDAR EM SI UM SER QUE NÃO TEM CHANCE NENHUMA DE SOBREVIVER, UM NATIMORTO ???? E OS RISCOS DE UMA GRAVIDEZ DESTE NIVEL, QUE SERÃO ENFRENTADOS SEM NENHUMA ESPERANÇA DE QUALQUER RESULTADO????
    5 – PARTICULARMENTE EM MINHAS PESQUISAS NUNCA CHEGOU AO MEU CONHECIMENTO FETO COM MORTE CEREBRAL QUE TENHA VIVIDO POR MAIS DE 3 MESES, APÓS O PARTO, VALE A PENA COLOCAR UMA MÃE PARA SOFRER SEM EXPECTATIVA DE RESULTADOS ?.
    PENSO QUE É UMA QUESTÃO COMPLEXA , E QUE DEVE SER REVISTA, DEVEMOS ACOMPANHAR OS TEMPOS…

  6. Dei a minha opinião sobre o assunto e não dei o endereço das matérias;os que quiserem ler mais sobre o assunto, abaixo deixo os link’s e o início das matérias sobre o tema pautado.
    http://estudandopalavra.blogspot.com/2008/08/aborto-um-crime-contra-vida.html
    Segunda-feira, Agosto 25
    ABORTO – UM CRIME CONTRA A VIDA.
    Pv.21.21: Aquele que segue a justiça e a bondade achará a vida, a justiça e a honra.
    Pv.19.23 O temor do Senhor encaminha para a vida.
    Jó3.16: ou, como aborto oculto, eu não teria existido, como as crianças que nunca viram a luz.
    A questão do aborto tem sido, como a questão, da chamada “homofobia”, sempre permeada por um dualismo tal, que, não se tem como estar fora da discussão ou de um lado ou de outro, não há meio termo.
    http://estudandopalavra.blogspot.com/2008/09/o-caso-dos-bebs-anencfalos-pode-lei.html
    O CASO DOS BEBÊS ANENCÉFALOS – PODE A LEI CRIAR UMA RAÇA SEM DEFEITOS?
    O CASO DOS BEBÊS ANENCÉFALOS.
    Um exemplo de escolha
    O caso dos bebês anencéfalos em Julgamento no STF é de uma importância aguda na sociedade brasileira.
    Pode significar a morte prematura de vidas indefesas e sem voz….”O aborto terapêutico é questionado por autoridades médicas. A medicina tem hoje condições de levar essa gravidez ao fim. A medicina fetal deve tratar o paciente intra-uterino como o paciente que o é. A violência contra um ser humano indefeso não é compatível com a consciência ética do médico nem com a missão e a nobreza da medicina”.
    Osvarela
    SBC-SP-Br

  7. Ao caro pesquisador Jonas (nome de profeta)
    Sua primeira frase:”1- MORTE CEREBRAL NÃO É SINÔNIMO DE SINDROME DE DOWN, COMO TÊM DIVULGADO .MORTE CEREBRAL E A PERDA DE TODAS AS FUNÇÕES CEREBRAIS.”
    Minha refutação:
    Parece-me que há um equívoco em suas declarações;
    nós os evangélicos não estamos falando de sindrome de down, nem de morte cerebral, são coisas que não estão em discussão no STF no momento.
    O que será e está em fase de audiências públicas no STF é a questão do aborto de bebês anencéfalos, ou seja, como vc. deve conhecer melhor do nós, pela sua aparente lida na área, crianças com má-formação durante a gravidez e que nascem sem cérebro que poderiam ser abortadas em qualquer fase da gravidez.
    O que nós estamos discutindo é se a medicina diz que: “A medicina fetal deve tratar o paciente intra-uterino como o paciente que o é.” Nas palavras de uma autoridade médica o Ginecologista e obstetra Dr. Dernival da Silva Brandão. Presidente da Comissão de Ética e Cidadania da Academia Fluminense de Medicina.Então há a criança tem o direito à vida, por menor tempo que seja esta duração.
    E uma informação mais completa:
    “A medicina tem hoje condições de levar essa gravidez ao fim. A violência contra um ser humano indefeso não é compatível com a consciência ética do médico nem com a missão e a nobreza da medicina”. “A anencefalia não limita seus direitos ou sua dignidade humana”. “Anencéfalo deve ser tratado como paciente”. do mesmo Médico.
    Parece-me que nós os evangélicos não estamos sozinhos na defesa da vida, da mãe e da família.
    Outrossim, doa-se órgãos quando há morte cerebral do paciente, o que não ocorre com os anencéfalos, certo?
    Mais, um anencéfalo não é um natimorto no conceito de natimorto! Ele nasce com vida ,como vc. mesmo confirma, que viu anencéfalos com sobre-vida de três meses, portanto não era um natimorto!
    Sugestão:
    Leia matéria postada neste blog.
    CASO DOS BEBÊS ANENCÉFALOS – PODE A LEI CRIAR UMA RAÇA SEM DEFEITOS?
    Um abraço
    Que Deus em Cristo ilumine os Ministros do STF.

  8. À Paz do Senhor a todos os leitores
    È interessante como uma instituíção de representatividade portentosa como a CGADB,que representa 16 milhoes de assembléianos e ainda uns 3 milhões de evangélicos de denominações não expressivas neste País,pôde desculpar-se de forma tão grotesca,a respeito da não participação nas Audiências Públicas acerca dos abortos anencéfalos.Dizer que sua omissão é falta de costumes piora mais ainda a situação,isto quer dizer que não é de hoje que esta liderança da CGADB,vem sendo alheios as decisões tomadas neste País,e querem saber o porque?eles não têm o costume de faser jus ao seu ofício?È porque ocupam o seu tempo mais com politicagem,de como faser para perpetuarem no poder do com as causas nobres do Evangelho,E por causa desta incompetência estão empurrando CGADB nas mãos de pessoas erradas,que se usufluem disso para se fortalecerem.Quando estou falando da CGADB nas mãos de pessoas erradas me refiro a homens como ,o nosso pai da moralidade evangélica “”silas malafaia””,que não teve escrupolo algum quando em seu programa de televisão adiantou os temas da próxima AGO,máculando uma instituíção tão séria e respeitada como a nossa CGADB,tendo em vista somente a sua sede de poder,não levou em consideração o respeito pela religião em que nasceu,vangloriou o ser concorrente da CPAD.Temos medo que nossa convenção venha a cair em mãos de pessoas tão anarquistas quanto SILAS e mastarde venha a ser alvo de grandes desafetos.Pessoalmente não tenho nada contra a pessoa do Pastor Silas,até comungo de algumas opiniões quê ele.Mas tenho que divergir,quando ele vende para os assembléianos a diabólica teologia da prosperidade do Jorge Linhares e quando faz de nossas plataformas,verdadeiros puleiros ecumênicos,tudo com vista á ganhar popularidade e mercado para seus produtos,em detrimento da homogeniedade da Igreja e de suas doutrinas.Quero deixar bem claro ,que não sou exclusivista,acredito na idoneidade de muitos ministérios sérios espalhados por esse Brasil,mas torno a repetir,temos que respeitar ,a homogeneidade própria de cada ministério evangélico,se não religião evangélica no Brasil vai ser sinônimo de baderna.

  9. A nosso ver , é preciso nos envolver em todos os assuntos de caráter social, visto que somos cidadões, e não podemos nos omitir do que se passa em nosso pais. As nossas autoridades , até ficam pensando, de que nós não fazemos partedo sistema politíco brasileiro. Portanto vejo ser necessário , participarmos ativamente , do diz respeito aos problemas de ordem social e politíca em nossa pátria. afial , pagamos tributo , votamos e podemos ser votados , e por que não opinarmos nas decisões Nacionais? É certo de que não é por isto que vamos por as mãos onde não nos cabe , mas no demais é preciso reevindicar os nossos direitos institucionais , e em todas as esferas . Um forte abraço.

  10. A Nobre CGADB que com seu intuito, no contexto primordial na propagação do Evangelho e com tantos assuntos relevantes e de interesse no âmbito geral nda própria instituição, não de forma polemizada como alguns blogueiros colocaram. Mas é bem verdade que para a Comissão responsável por esses assuntos, possa ficar mais alerta. E indubtavelmente A comissão da CGADB é bem preparada e pode representar muito bem nesses debates.
    Valeu Gesiel Costa, pelo comentário
    Fique na Paz Valmir…

  11. A falta da presença de um representante da CGADB nos debates públicos promovidos pelo STF sobre diversos temas de interesse nacional:
    É lamentável, primeiro; sofrível, segundo; e inimaginável, terceiro; …, “com todo respeito”, porque a CGADB mantém em Brasília um Departamento chamado de Conselho Político Nacional, e não tenha se apercebido que o STF (que também está localizado em brasília) ao abrir o debate ao público, o fez com a intenção de ouvir todas as pessoas, correntes, forças, representações, etc., que pudessem expressar ou participar das questões delicadas, como formadores de opinião, conceitos, preconceitos, dogmas, éticas, com vistas a assegurar aos Srs.Ministros (julgadores) daquele Pretório a decidir sobre temas importantes, cruciais e angustiantes, que mexem e remexem com a vida, consciência, direitos, fatos, usos, tradições, costumes do nosso povo, tenha ficado à parte, apática, alheia. Que pena !
    É importante que tenhamos nossos ouvidos abertos, nossa visão aguçada e nossa boca preparada para participarmos das grandes decisões de nosso País. Apesar de a Bíblia ensinar que é melhor ouvir, todavia, participar não faz mal. Assim, é meu entender, que a CGADB não pode se negar a decidir, representar, dirigir, contribuir e a formar conceitos, até porque é um agente políticorreligioso, ainda que não queira assim se intitular, preferencialmente aqueles que estão assegurados pela nossa Bíblia, mas também, em complemento pela nossa cidadania terrena, pela nossa Carta Política.
    Por isso, é salutar que participemos dos atos que possam influir, colaborar para que o nosso País se firme nos sólidos fundamentos cristãos. Dou como exemplo de participação política, e muito boa, como ex. nos USA, na gestão Bush, o Procurador-Geral dos USA (Dr. Jonh Ashcroft), era um representante da Assembléia de Deus.
    Que Deus ilumine e aumente a sabedoria do nosso capitão-mor na gerência e administração da CGADB.
    A nossa fala não é nenhuma crítica, mas apenas um reparo, para que nós, assembleanos, possamos contribuir para a história da nossa nação, de molde que sejam preservados os verdadeiros princípios cristãos: “porque feliz é a nação, cujo Deus é o Senhor”.
    Saudações em Cristo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s