Ação contra edição da Bíblia


Bradley LaShawn Fowler, 39, morador de Michigan (EUA), está processando as editoras Zondervan e Thomas Nelson Publishing, que publicam a Bíblia. Ele alega que o livro sagrado incentiva a discriminação contra homossexuais.

Segundo Fowler, as editoras incluíram passagens no livro que definem a homossexualidade como pecado. Fowler argumenta ainda que tais referências o distanciaram da família e contribuíram para seu desconforto físico.

Veja aqui

Depois dizem que é mania de perseguição quando se diz que se o PLC 122 for aprovado tentarão mudar a Bíblia no Brasil.


Anúncios

6 comentários sobre “Ação contra edição da Bíblia

  1. Caro irmáo Valmir:

    Essa está sendo e continuará a ser a nossa maior luta, na atual geração, à medida que a sociedade perde cada vez mais o senso dos limites.

    Mas não podemos esmorecer. Como disse Paulo, fomos constituídos em defesa do Evangelho.

    Abraços

    Pr. Geremias do Couto

  2. Irmão Valmir,

    O relativismo já impera de tal forma que pode passar a ser o absoluto.
    Aí ainda vem o Petry dizer na Veja que nós somos os preconceituosos e que não mudará nada caso o PL seja aprovado, esses escritores nada conhecem acerca da Bilia, falei com o Tony Bellotto, sobre o artigo comparando-nos com o KKK, ele confessou que não conhece as doutrinas bíblicas, conhece somente aquilo que sua educação católica lhe “ensinou”, certamente não sabe nada mesmo.
    Que o Senhor nos ajude nesse propósito de lutar pelo Evangelho do Senhor e de conservá-lo como ele o é.

    Joao Paulo

  3. Pr. Geremias,

    Ingressar com uma ação contra a Bíblia além de representar claramente o relativismo, demonstra também um pensamento intolerante contra quem é contrário ao homossexualismo.

    É o mesmo que se insurgir na justiça contra o Alcorão, isso é um absurdo que passa por cima da inteligência média do ser humano.

  4. João Paulo,

    O relativismo já é o grande absoluto atual.

    Não sabia que o Belotto tinha esse viés anti-cristão, apesar de se dizer cristão. É mais um colunista na mídia contra a Palavra de Deus.

    Ele diss que não conhece as doutrinas da Bíblia, e mesmo assim tenta criticá-lá. Isso é incrível!

  5. Creio que podemos dizer um texto fora de contexto virando pretexto. Ainda existe liberdade de expressão em nosso País, eu quero crer, o estado não deve intervir na igreja, afim de alterar uma regra de conduta fé. Se formos procurar em qualquer outro segmento religioso subsídios contrários ao que cremos para defender nossos interesse com certeza encontraremos. Como cristãos não podemos permitir essas interferências, no intuito de alterar textos das Sagradas Escritura.
    Pastora Luciane Leal

  6. seria hilario se nao fosse tragico processar um livro de milenios de existençia os homossexuais se consideram uns coitadinhos eu sou contra todo tipo de pre -conçeito inclusive oque eles tem a biblia os que nela creem tem todo o direito de considerar a pratica homossexual pecado alem disso a constituiçao veda ao estado legislar sobre religiao existe separaçao entre igreja e estado se alguem quer ser guey o problema e dele porem ele nao pode exigir que todos achem tal pratica natural pois nao e se fosse ninguem perderia tenpo com este assunto ex; alguem discute se e natural a uniao homem emulher? umpouquinho de inteligencia nao faz mal a ninguem

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s