Cinco mitos e falácias do liberalismo


Estive refletindo nos últimos dias sobre alguns mitos do liberalismo, seja ele secular ou teológico, que têm sido disseminados. Devido à popularidade de alguns deles, achei por bem escrever a respeito. É o que se vê a seguir.

O mito de que os liberais são mais felizes do que os conservadores

A propaganda cultural nos últimos anos tem disseminado em livros, filmes, novelas e revistas a idéia de que os conservadores são infelizes enquanto os liberais são felizes. A lógica, segundo a tal propaganda, é a de que os conservadores são infelizes porque “são reprimidos”, enquanto os liberais são felizes porque “não castram seus desejos”. Nada mais falso. As figuras do conservador infeliz e do liberal feliz-da-vida são estereótipos de obra ficcional. A vida tem mostrado que o inverso é que é bem mais comum.

Leia a íntegra desse excelente artigo no blog do Silas Daniel.

Anúncios

Um comentário em “Cinco mitos e falácias do liberalismo

  1. Kharis kai eirene

    Prezado amigo, mas uma vez passeio pelo seu blog. As falácias do liberalismo prende-se à história do próprio movimento. Quanto ao liberalismo teológico encontramos avanços e retrocessos. Até mesmo liberais convictos estão cônscios de seus limites e transgressões. Possivelmente, assim como os marxistas modernos decepcionaram-se com Marx e o seu sistema, não poucos “liberais” já observaram as “tragédias” teológicas do liberalismo. Parafraseando o Dr. Robson Cavalcante, o Jesus histórico foi vestido com as vestes dos orixás, etc….” Confiram o texto no site da Ultimato.
    Um abraço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s