Kaká e os inimigos da família


É impressionante como os valores mudam sem que as pessoas percebam. Outro dia recebi e-mail de um colega de profissão dizendo que havia “vomitado” ao assistir um programa de TV onde dois religiosos discursavam em defesa da virgindade antes do casamento. Isso mesmo, segundo o escritor, o fato de dois religiosos defenderam o sexo somente depois do enlace matrimonial provocou nele uma certa ânsia, de tão asqueroso que era.

Preparei um e-mail ao indivíduo e entre outras coisas disse que muito daquilo que assistimos atualmente nos programas de TV realmente nos leva ao “expurgo intelectual”, de tão indigestos que são. Nesse sentido, podemos vomitar ao ver na TV adolescentes introduzidos na prostituição, crianças envolvidas com o tráfico, famílias destruídas em virtude do adultério, casais mortos em virtude da AIDS.

Enfim, muitas coisas podem nos fazer vomitar, porém, um casal que defende a virgindade isso certamente não me faz vomitar, afinal isso pressupõe que eles estão preocupados com o bem estar da família, cujo pensamento não trará prejuízo algum à sociedade, pelo contrário, remontará em benefícios para ela.

Mas esse tipo de inversão de valores é muito comum. Existe uma forte voz contra os “conservadores”, “retrográdos”, “fundametalistas” e “religiosos” que defendem os valores morais e a entidade familiar.

Até o jogador Kaká entrou na mira dos “inversores de valores”. Um certo José Geraldo Souto, em artigo públicado na Folha de São Paulo, diz que o jogador do Milan não é nenhum modelo para a juventude atual posto que ele é carola e mauricinho, ao defender a virgindade antes do casamento.

Segundo ele:

“Mas há algo de profundamente regressivo em considerar esse tipo de comportamento como “sadio”. Querer restaurar, a esta altura do campeonato, valores como a virgindade e a fé religiosa cega traz um perigoso ranço de TFP (a ultraconservadora Sociedade de Defesa da Tradição, da Família e da Propriedade), ainda que sob as tintas mais estridentes, pragmáticas e mercantilistas das correntes evangélicas. “

Ao contestar o referido texto, Fábio Bentes dá uma lavada em José Geraldo:

“Não gosto, particularmente, desta mania que o ser humano tem de eleger para si ídolos, modelos de vida, de princípios e de mentalidade. Agora, infelizmente para uns, felizmente para outros, eles surgem ou, então, são criados. Kaká é o modelo em discussão; na sua opinião, um modelo superado, anacrônico e conservador. Por quê? Basicamente porque ele é diferente dos modelos, ou melhor, ou pior, dos lugares-comuns do meio futebolístico. Você ataca o “conservadorismo” de Kaká, mas você é quem demonstra o autêntico conservadorismo em relação ao modelo ideal de jogador, exemplo de virtude para os jovens: mulherengo, chegado a bebida, pitando um cigarrinho e de vida boêmia – cá entre nós, que coragem a sua em dizer tamanha besteira, hein?”

“O problema, Zé Geraldo, não é simplesmente o fato de você não aceitar Kaká como um bom modelo para os jovens. Você vai além: Kaká é mau exemplo, mas os “boleiros”, no sentido mais estrito e pejorativo do termo, são, de fato, os bons exemplos para a juventude. Que as mães das futuras Marias-Chuteiras prestem bastante atenção: exemplo não é o insípido Kaká, mas o sexy Vágner Love; que o Ministério da Saúde esteja atento: exemplo não é o careta Kaká, mas os imperadores e reis da noite, como Adriano ou Romário. “

Essa é a sociedade em que vivemos. Ela reprime pessoas que defendem os valores familiares e idolatra os ícones da maladragem e da sexualidade libertina. Assim, Kaká é considerado por alguns como mais um religioso ultrapassado e carola. Mas não são todos que assim pensam, tanto que o jogador do Milan foi relacionado pela Revista Época como uma das pessoas mais influentes de 2007.

Kaká realmente é um exemplo para os jovens. Conforme lembra o leitor Denys, em comentário deixado neste blog:

“Concordo plenamente com a opinião do irmão, porém, somente ressalto que dentre a lista exposta neste post, figura o nome do jogador Kaká, recentemente eleito o melhor jogador do mundo e que tem se posicionado de maneira bastante positiva em relação à sua fé. Após o encerramento de sua carreira, irá se dedicar exclusivamente ao pastoreio e apesar de toda sua notabilidade mundial, tem se mostrado bastante humilde e perseverado na fé.
Vale esta ressalva na lista em relação ao Kaká, que apesar de estar no meio esportivo, tem se mostrado um cristão digno de figurar na lista exposta.”

Ainda, o Pr. Geremias do Couto comentou [neste blog] sobre o jogador:

“Essas listas são sempre contraditórias e geralmente atendem interesses da hora. Mas há, nela, um motivo de profunda alegria: a inclusão de Kaká, o nosso irmão em Cristo.

Entre tantos, quatro episódios de sua vida são relevantes:

1. O seu testemunho à imprensa de que se casaria sem ter qualquer relacionamento com sua noiva antes do casamento

2. A resposta dada ao jornalista que lhe perguntou se não se preocupava com o dízimo dado à sua igreja (Renascer). Que respondeu ele? Disse que seu compromisso era o de ofertar a Deus, independentemente de qualquer coisa, e o de administrar pertencia ao pastor;

3. Sua recente entrevista em que afirmou o seu desejo de tornar-se pastor evangélico após encerrar a carreira futebolística, e

4. O testemunho no jogo em que o Milan sagrou-se campeão do mundo no Japão: Ao comemorar o gol, levantou a camisa e, com uma frase escrita na camisa de baixo, disse para todo o mundo: “I belong to Jesus”.

Parabéns Kaká, pelo bom futebol e mais ainda pelo testemunho de verdadeiro cristão que tem dado ao mundo todo.

 

Anúncios

10 comentários sobre “Kaká e os inimigos da família

  1. Caro irmão Valmir,

    Sinto-me extremamente honrado em ter meu comentário exposto no blog. Agradeço imensamente pela atenção para com os leitores.

    Quanto às declarações infelizes do Sr. José Geraldo, somente tenho a lamentar por um formador de opinião, editor de veículo tão conceituado e de alcance nacional, pensar desta forma quanto aos valores morais e éticos.
    Vivemos numa sociedade onde “o certo é ser errado e o errado é ser certo”.
    Na verdade, o que incomoda é o fato de ainda existirem inúmeras pessoas realmente compromissadas com o Evangelho de Cristo e com coragem de se posicionar diante desta sociedade ímpia.
    Para eles, os evangélicos que pensam bem são aqueles que, numa atitude covarde e apostáta, se moldam aos valores seculares e, desta maneira, são vistos como “contemporâneos” e “atuais”.
    Portanto, prossigamos avante na peleja, sem pestanejar nem desfalecer, pois, grande é o nosso galardão celestial.

    Em Cristo,

    Denys

  2. Denys,

    Vivemos tempos difíceis e, como disse, o certo é errado e o errado o certo. Os fundamentos estão transtornados.
    Não bastasse os fundamentalistas liberais serem contrários ao pensamento cristão, ele ainda dizem que a moralidade pregada pelos cristãos é um grande erro., como no caso do Kaká.
    Somos ultrapassados e carolas, só que ele não percebe que o posicionamento cristão é sobretudo em prol da sociedade, em defesa dos valores famíliares. Mas ele não consegue perceber isso, somente verão a verdade quando um dos entes estiver envolvido nas drogas ou na prostituição. Dai sím percebem que somente Cristo Salva e liberta.

    Valmir

  3. É muito grafiticante, ver o Kaká, um ícone do nosso esporte, não perder sua identidade como verdadeiro filho de Deus. Pena que o Sr José Geraldo Couto, não tem a nobreza de um filho de Deus, ao criticar um ungido de Deus que é o Kaká.
    Para sermos verdadeiros seguidores de Cristo, necessitamos de coragem para não negar o nome de Jesus, e temermos os Geraldos Coutos dessa nossa sociedade pobre e decaída. Talvez, quem sabe se o Sr Geraldo Couto aceitar Jesus, como o único Senhor da sua vida, sua família poderá se espelhar melhor nele, como um Homem, de H maiúsculo, que não se dobre diante da imoralidade que norteia grande parte de nossa juventude, será que os valores morais e éticos, não dizem nada a voce seu Geraldo?

  4. Olá irmão Valmir, muito importante este post sobre o jogador kaká> Quem eu admiro como cristão do meio público. Gostaria de pedir sua permissão para publicar este post no blog NTC news, obviamnete indicando a fonte.
    Abraços e Paz do Senhor!!!

  5. o mundo em q vivemos é assim mesmo o errado é o certo,na verdade quem encentiva a imoralidade são pessoas como este mal carater ,josé geraldo couto,se não fosse estes tipo de gente nos não teria hoje a adis e ñao teria a metade das doenças ,q temos no mundo,no minimo este mal carater ,é um homem gay.

  6. Infelizmente o homem ainda é escravo de deus. O Kaká certamente está de olho na exploração dos menos afortunados que o seguirão e pagarão dizimos em sua igreja. No entanto, ele também é um pária, pois o home que acredita em espiritos e fantasmas continua na idade das cavernas. Tenho dó de todos vocês que vivem na ignorância. Também tenho dó de um deus que precisa de dinheiro dos fiéis ao invéz de prover para sua própria igreja.

  7. Infelizmente o homen ainda é escravo dos vícios,taras,drogas,arrogância,hedonismo, e do dinheiro(….quem comete pecado é escravo do pecado…evangelhos). Kaka é muito jovem, riquissimo,famoso,bem-sucedido, o argumento de que ele esta de olho no dinheiro dos futuros fieis é desonesto e típico do idiota que não tem explicação para o fato, a não ser reconhecer que o rapaz é digno e coerente. Na idade das cavernas esta quem vive consumindo drogas, viciado, estuprando, embriagado ou mentindo e agredindo quem é civilizado, mas incentivando a bárbarie dos comportamentos deletérios que os proprios clubes condenam. Sr. Geraldo o seu argumento é desonesto e ridículo. Não é necessária a defesa de Kaka pelos evangélicos, quem esta a fazê-lo são os resultados e a FIFA.
    Quanto ao dó que você tem de DEUS ou dos que têm fé em uma realidade espiritual, metafísica, transcendente…, paciência , o problema é teu, vai estudar.

    Marcilio Leão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s