A LIBERAÇÃO DA MACONHA NO BRASIL – 1


Vote no blog

A LIBERAÇÃO DA MACONHA NO BRASIL – 1

Valmir Nascimento

Na enxurrada de criações da dita sociedade pós-moderna (aquela que baniu o Deus pessoal de suas vidas), outra idéia suja vem descendo pelos esgotos das cabeças de alguns políticos, intelectuais e cientistas brasileiros: a descriminalização do uso da maconha.

Não bastasse o projeto de lei que pune qualquer tipo de manifestação contra os homossexuais e a acalorada defesa da interrupção da gravidez (leia-se: assassinato por meio do aborto) a não penalização pelo comércio da maconha é outro tema que vem ganhando grande espaço no Brasil, demonstrando-se como mais um idéia estapafúrdia e grotesca, que caminha não somente contra a palavra de Deus e a cosmovisão cristã, mas também, contra a própria saúde e segurança pública.

A revista Galileu, edição de maio de 2007, trouxe como matéria de capa o assunto: Maconha, é hora de liberar? – o real efeito da descriminalização sobre o usuário e a sociedade, onde é analisado os prós e os contras da liberação do uso dessa droga.A declaração mais sórdida e descabida ficou por conta do Governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral, eis a sua pérola, in verbis:

“A discussão sobre a descrimininalização das drogas deve ser globalizada, incluir a ONU. O mundo está pagando caro pela proibição rígida, que está levando a milhões de mortes por ano. Quantas pessoas morrem na Ásia, na África, nas Américas, na Europa por conta da proibição do tráfico de drogas? Quantas morreriam se houvesse um processo de legalização e controle? É preciso botar essa conta na mesa, e o primeiro país a discutir isso tem de ser os Estados Unidos, como a principal nação do mundo desenvolvido e um grande consumidor de drogas. Enquanto isso são gastos bilhões de dólares por ano no mundo inteiro no combate à droga. Os resultados são pífios, e muita gente continua morrendo”.

Em verdade eu me equivoquei. A declaração de Sérgio Cabral não é uma pérola, é antes uma mina inteira de bobagens! Pois bem, a idéia genial é a seguinte: Como anualmente muitos cidadãos morrem em virtude do tráfico ilícito de entorpecentes, a melhor coisa que o Estado tem a fazer é liberar o comércio, o que, com isso, acabaria a clandestinidade, a inflação do preço da droga, o tráfico, o lucro dos traficantes, a violência, e, finalmente, reduziria o número de mortes. Simples assim! Por que ninguém havia pensando nisso antes?

Segundo tal argumento, portanto, o que se deve levar em consideração quando se analisa tal problemática não é a questão moral ou familiar, tampouco a saúde dos cidadãos; tais temas, segundo se depreende, não vêm ao caso. O foco, por outro lado, circunscreve- se em estabelecer leis de mercado com vistas a aumentar os distribuidores, mercadores, representantes comerciais, nichos, etc. caso em que, aumentando a oferta, reduziria o valor do produto, onde então os clientes (viciados) teriam mais acesso.

Como dito, a moral, os preceitos familiares e os danos provindos do uso da maconha nem de longe são colocados nessa balança, tampouco são levados em consideração. Mas isso tem se tornado algo comum atualmente, de forma que os valores morais absolutos e os princípios que devem concorrer para a melhoria e a sustentabilidade da família (base do Estado – como assevera a Constituição Federal do Brasil) são deixados de lado.Recentemente, por exemplo, a despeito da liberação da passeata do orgulho gay na Avenida Paulista em São Paulo em detrimento da Marcha para Jesus, o Prefeito Gilberto Kassab (aquele de estopim curto), defendeu-se dizendo que a parada (é parada mesmo) dos homossexuais projeta a cidade de São Paulo demonstrando-se moderna. Já o Ministro de Saúde do governo Lula, Sr. Não sei o que Temporão (esqueci o nome nesse momento), ao defender o aborto, argumentou que a sociedade que não apóia a interrupção de gravidez é machista, e que os religiosos não deveriam ater-se aos assuntos de saúde.Então, para uma grande parcela de políticos e intelectuais a moral objetiva está morta, afinal, ela nem é levada em consideração quando das tomadas de decisão.

O mais importante são os resultados práticos que a decisão administrativa e legislativa dará ao problema, embasados em uma visão pragmática do mundo, onde a primeira pergunta a ser feita não é: O que é certo ou errado? mas sim: O que funciona?

Com efeito, no que pertine a maconha, estão fazendo a pergunta errada: Como acabar com o tráfico de maconha?, quando na verdade a indagação a ser feita seria: Como acabar ou pelo menos reduzir o uso da maconha?

A liberação da maconha no Brasil – 2

Vote no blog

 

 

59 comentários sobre “A LIBERAÇÃO DA MACONHA NO BRASIL – 1

  1. Valmir,
    Participo e compartilho inteiramente da sua indignacao.
    Realmente o que se ve hoje eh o que a Biblia ja previa: homem com homem, pouca moral, pouca nocao do que eh certo e errado, nenhum respeito pela vida e nenhuma proximidade com Deus.
    O pensamento pos-moderno eh o ultimo estagio antes do Apocalipse.
    A boa noticia eh que Jesus is just around the corner.
    Abs

  2. Quantas pessoas morrem na Ásia, na África, nas Américas, na Europa por conta da proibição do tráfico de drogas? Quantas morreriam se houvesse um processo de legalização e controle?

    Se eu quizer beber eu bebo, se eu quizer fumar eu fumo, pago tudo que eu consumo com o suor do meu emprego!!!

    Não digo que sou afavor da legalizsção das drogas, mais sou sim, afavor da legalização da maconha. O que a grande maioria das pessoas são extremamente sem ignorantes a respeito deste assunto, não sabem nada sobre a erva, só pensam que fazz mau e quem usa é marginal… Maconha é um erva natural que em alguns paises é usado até com remedio. Respeito as pessoas que não usam, mais as mesmas pensam que sou marginal só por que consumo, trabalho, estudo, tenho um vida social otima, fumo maconha sim e isso nunca me atrapalhou em nada, agora estão criticando a legalização sem saber nem de qual cor ela é!!! para vcs ela é azul!!! :-)

  3. A única maneira é controle…
    Liberar o comércio aonde a lei que prevalece é um limite estabelecido por alguma regra qualquer…
    Mas como controlar?
    Coloca muito imposto, melhor, baixar o valor da gasolina ou destinar a outros fins e tirar da venda do thc.
    Se não funcionar?
    Ae implanta Verichip em todo mundo…ae já erassss…

  4. Essa história de como viveremos, pergunte para
    você mesmo. Por que liberando ou não eu sei
    como eu vou viver, além do que, você faz muitos
    comentários preconceituosos. Se algum homossexual
    lesse este artigo, poderia com certeza te
    processa, mas isso não é o que eu realmente
    quero dizer. Gostaria que pensasse somente um
    pouco, nós vivemos na idade média ou na contempôranea
    têm que se pensar em ocmo vivemos e assim
    criar leis para ajudar a melhorar
    pensando ceticamente, duvidando que daria certo
    liberar, mas mesmo assim seria melhor liberado que
    proibido, já que se fosse liberado não se necessitaria
    ir atrás da cannabis em um lugar perigoso
    como favela, e nossa sociedade ainda é “conservadora”
    em vários aspectos, provavelmente, mesmo sendo
    liberada muitos a usariam ela em um lugar mais
    reservadamente, e quanto ao aborto, leia o art5º
    da constituição, no caput, é totalmente contra
    um artigo pétreo, de maneira nenhuma pode se
    liberar o aborto, claro existe excessões,
    mas que mãe ia querer um filho de um estrupador,
    ou algumas prefere que ela viva, ou o filho,
    está à escolha dela. Enfim, pense mais antes de
    colocar um “besteirol” na internet.

  5. Prezado Douglas,

    Não sei de onde saístes para chegar aqui no nosso blog.

    Fico feliz com isso, pressupõe que este trabalho tem suscitado a participação de diversos tipos de pessoas, cujos pensamentos são divergentes.

    Mas o interessante de tudo isso, é que, em seu texto, você argumenta que as opiniões e idéias que exponho nesse blog são contrárias àquilo que chamas de idade contemporânea. Ora, uma dos pressupostos fundamentais dos tempos modernos não é o estado democrático de direito? Com fulcro principalmente na Carta Magna brasileira?

    E se vivemos sob os auspícios da liberdade de expressão, não seria o direito de toda e qualquer pessoa divulgar e expressar suas idéias malgrado conflitantes com os paradigmas hodiernos? Ou a única forma de expressão de pensamento legítima é aquela em que nada deve ser proibido e tudo deve ser tolerado?

    Ocorre que com esse pensamento, o intolerante e preconceituoso da história é tu, eis que, não consentiu com aquilo que entendo como sendo verdadeiro e melhor para a vida em sociedade, afinal, os tolerantes devem aceitar todos os tipos de posicionamentos.

    Superado estas considerações iniciais, vamos àquilo que disseste. Apesar da obscuridade em seu texto, tentemos decifrá-lo. Afinal, quis você confrontar todo o conteúdo deste trabalho com apenas algumas frases dispersas.


    Você disse:

    “Essa história de como viveremos, pergunte para você mesmo. Por que liberando ou não eu sei
    como eu vou viver, além do que, você faz muitos comentários preconceituosos. Se algum homossexual lesse este artigo, poderia com certeza te processa, mas isso não é o que eu realmente quero dizer”


    Resposta:

    É muito comum que quando alguém veja seu ponto de vista confrontado e abatido por argumentos convincentes e racionais, a primeira resposta que dão é a mesma que você, Douglas: Isso é preconceito!

    Preconceito, segundo se define, é todo posicionamento exposto sem antes ter havido uma análise pretérita do assunto. Como se afirma, é um conceito feito de forma prematura sem análises precedentes. E o interessante é que os cristãos, principalmente evangélicos, são constantemente taxados de preconceituosos, afinal, temos posicionamentos firmes e fundamentados sobre todos os tipos de assuntos que burbulham no meio social, em especial, sobre drogas, aborto e homossexualismo.

    No entanto, não se pode atribuir a alguém a condição de preconceituoso, quando tal pessoa analisou de forma sistemática o assunto sob foco antes de expor o seu pensamento. Acontece que, pessoas como você, não entendem o sentido das palavras, ou pelo menos, não se dão ao trabalho nem mesmo de consultar um dos vários dicionários vendidos nas livrarias pelo Brasil afora. Indico a ti, o Houassis, Aurélio e até o Luft, cuja simples leitura, eximiria você de contrangimentos futuros.

    Se em seu comentário tivesse dito que os posicionamentos deste blog são contrários àquilo que [você] entende como sendo verdadeiro, e que não merecem credibilidade, então, seria algo sensato. Agora, quando dizes que é puro preconceito, disseste bobeira, pois, não sabes o grau de investigação que existiu antes da publicação do texto ou, até mesmo, sobre a convicções que motivaram a abordagem do tema.

    Sobre a possibilidade de ser processado.

    Pois bem, você que citou a CRFB deve saber que um dos princípios que movem o judiciário chama-se princípio da inafastabidade da jurisdição, ou seja, qualquer bobeira pode ser levado à apreciação dos magistrados. Até mesmo as reclamações de um internauta que teve suas opiniões contrariadas, cujo ego foi ferido. Nesse sentido, se os requisitos das ações tiverem presentes, ingresse, portanto, com a ação cabível ao caso.

    E como disse Olavo de Carvalho: “Os gayzistas fogem a qualquer tipo de debate racional”.
    O que eles fazem? Vão aos pretórios reivindicam seus direitos!

    Você disse:

    Gostaria que pensasse somente um pouco, nós vivemos na idade média ou na contempôranea
    têm que se pensar em ocmo vivemos e assim criar leis para ajudar a melhorar
    pensando ceticamente, duvidando que daria certo liberar, mas mesmo assim seria melhor liberado que proibido, já que se fosse liberado não se necessitaria
    ir atrás da cannabis em um lugar perigoso como favela,

    Resposta:

    Um dos grandes erros daqueles que supervalorizam a liberdade individual é esquecerem-se de tal direito não pode suplantar o direito de vida em sociedade. O direito à liberdade deve ser considerado e analisado sob os meandros da vida em comunidade.
    A afirmação de que a liberação da venda de maconha seria um os meios de acabar com o contrabando é um absurdo. Vejamos:

    A maconha é considerada como uma droga trampolim, ou seja, após o uso da maconha o viciado sente a necessidade de “progredir” para “viagens mais alucinantes”. Chegando-se o momento em que ele terá que adquirir e usar drogas como cocaína, heroína e outros narcóticos pesados. Nesse ponto, pergunto? Seria o caso de liberar o uso de tais tóxicos também?

    Ora, As drogas atuam no cérebro afetando a atividade mental, sendo por essa razão denominadas psicoativas. Ela diminuem a atividade mental, diminuem a atenção, a concentração, a tensão emocional e a capacidade intelectual e, ainda, alteram a percepção.

    Voltando ao foco do direito do indivíduo em usar drogas, afirmo novamente que o direito individual não pode passar por cima do direito à vida em sociedade. As atitudes individuais têm conseqüências sociais. Quando a pessoa não consegue auferir dinheiro para aquisição de entorpecentes, a primeira atitude que fazem é partir para o furto (art. 155 do CP) ou então roubo (art. 157 do CP). Eis aqui outra pergunta merece respaldo: Quando o patrimônio de terceiros correm o risco de serem furtados em virtude do uso de drogas, qual direito deve prevalecer?

    Portanto, afirmo meu ponto de vista de que a liberação do uso da maconha é um grande idiotice imediatista. Se querem resolver o problema, invistam em educação e estabilidade familiar. Do contrário, o caos aumentará.

    Quanto ao resto de seu comentário, apresenta mais argumentos, para, então, dar inicio a outro debate.

  6. CRÍTICA À LEI E À TRADIÇÃO QUE PROÍBEM O THC

    O ERRO DA LEI

    Usar THC não é um problema moral. Problema moral é o falso testemunho levantado por esta lei errada que proíbe o THC.
    As leis de nosso povo são boas, mas há misturada entre elas uma lei falsa. Há joio no meio do trigo.

    Sabemos que a lei é boa, contanto que se faça dela uso legítimo. A lei foi feita para servir, e não para ser servida; porque a lei foi feita por causa do homem e não o homem por causa da lei.

    Qualquer lei deve servir ao homem como proteção, para ele evitar o mal. Como a lei contra o THC proíbe algo inócuo, ela mesma é que é a causa do tropeço; porque onde não há lei não há transgressão. A existência desta lei específca transforma o indivíduo em transgressor, causando danos à sua reputação. Em vez desta lei contra o THC proteger o homem ela o prejudica. Em vez de operar o bem, pratica o mal. Então esta lei errada deve ser abolida. Manter esta lei errada é um erro.

    A lei malvada que proíbe o uso do THC é mentirosa. Ela diz que ele faz mal, enquanto na verdade faz bem. A ciência comprova que o THC é inócuo e benfazejo. O THC é um remédio produzido pela terra: o homem sensato não o despreza. Usar THC não é imoralidade. Imoralidade é a existência desta lei injusta, que por sua causa, arruína a vida de muita gente boa.

    O THC aumenta a neurogênese no hipocampo e não causa dependência química. Produz efeitos ansiolítico e antidepressivo. Previne contra o mal de Alzheimer. Os cientistas comprovam os resultados e documentam este fato em artigos de pesquisa que estão publicados na Internet para o mundo todo ver. O indivíduo que usa THC fica calmo, manso, tranqüilo. Isto é fato documentado cientificamente.

    Portanto, a tal lei que proíbe o THC, mente; quando ela diz que o THC é mau para a população. As acusações desta lei malvada contra o THC são falsas. O mal que ela alega não existe. A lei que proíbe o THC é imoral, por colocar injustamente na cadeia gente de bem que não está fazendo nada de mal. Esta lei arruína a vida de pessoas sem justificativa. Lei imoral, que levanta falso testemunho. Falso testemunho é imoralidade. Entre as leis boas existe uma lei imoral.

    Quem vai contra a legitimidade moral do THC vai contra o fato, se pondo contrário à verdade.

    Esta lei específica erra, pela sua prática imoral de arruinar a vida de inocentes, através do falso testemunho da palavra mentirosa, detratora do THC.

    O ERRO DA TRADIÇÃO

    O THC é inócuo e existe a lei que proíbe o THC. Hoje esta lei virou hábito e este hábito virou tradição. Tradição maldita. Ela prejudica muita gente. É um erro.

    Tradição excitada pela malícia. É uma fraude.

    Esta tradição diz não pegues, não proves, não toques o THC. Proibições estas que se tornam perniciosas pelo uso que delas se faz. Elas podem, sem dúvida, dar a impressão de sabedoria, mas só servem para satisfazer as vaidades de alguns orgulhosos que querem se imopor a si mesmos. O THC é benfazejo.

    As pessoas esclarecidas do nosso tempo, principalmente aquelas que têm conhecimentos científicos e estão informadas das descobertas sobre o THC, se agora que sabem destes fatos, difamam quem usa THC, seguindo por vaidade e orgulho a esta tradição errada, nascida da ignorância de alguns antepassados, cometem o ato imoral de levantar falso testemunho; e por causa de uma tradição humana anulam o mandamento de Deus: “não levantarás falso testemunho contra teu próximo”.

  7. Caro editor do blog,

    Os nazistas tb tinham posicionamentos firmes e fundamentados com relação ás suas idéias, tanto que convenceram grande parte da alemanha sobre seus ideais, e nem por isso deixaram de matar milhoes de judeus. Fico me perguntando se vc não achou o governo de Hitler preconceituoso?..

    O fato de alguem fumar maconha pode deixar mt gente escandalizada, não pq é uma droga e pq faz “mal” e sim pq é proibida, entretando, fico me perguntado, será q a mairoia dos usuarios de maconha realmente são marginalizados por causa dos maleficios da droga, ou pelo motivo da sociedade em geral ser grande preconceituosa com relação ao seu uso, me pergunto tb, será q a maconha leva a experimentação de outras drogas mais fortes, ou o meio no qual ela se encontra é que encaminhe um sujeito a experimentar novas drogas? Talvez você possa me ajudar a esclarecer estas duvidas.

    “Em verdade eu me equivoquei. A declaração de Sérgio Cabral não é uma pérola, é antes uma mina inteira de bobagens! Pois bem, a idéia genial é a seguinte: Como anualmente muitos cidadãos morrem em virtude do tráfico ilícito de entorpecentes, a melhor coisa que o Estado tem a fazer é liberar o comércio, o que, com isso, acabaria a clandestinidade, a inflação do preço da droga, o tráfico, o lucro dos traficantes, a violência, e, finalmente, reduziria o número de mortes. Simples assim! Por que ninguém havia pensando nisso antes?”
    Meu caro, com todo respeito, quem está falando uma mina de bobagens não me parece ser o Sr Sérgio Cabral e sim você. Você foi feliz em dizer que tal idéia é genial, mas infeliz ao dizer que é simples!
    O que o Sr. Sérgio cabral propoe é um real combate ás drogas e não ao tráfico de drogas.
    Legalizando a droga o foco muda companheiro, pois se você realmente se preocupa com os preceitos familiares, morais e da saúde do cidadão me parece mais sábio combater o uso da droga, assim como se faz com o cigarro a bebida, etc.., a menos que voce pense que é possivel proibir um ser humano ao seu livre arbitrio com uma lei, ou com milhares de policias nas ruas para combater o tráfico. Meu caro, se tu achas que o combate ao trafico de drogas ira ajudar a tornar o Brasil e o mundo um lugar melhor para se viver, cuidado, pode ser um erro.
    Fico me perguntado, se é melhor um pai proibir sua criança de nadar na piscina( pq pode ser perigoso) ou ensiná-la a nadar, para que assim ela possa se proteger, pois uma hora o papai pode não estar por perto. O combate ás drogas tem que ser mais ou menos por ae, pois a droga nunca foi um problema, ela sempre existiu, pra mim ela é uma “saída” para os problemas da sociedade, como desemprego, angustia depressão, falta de educação, falta de envestimentos no esporte, na cultura, falta de estrutura familiar,, etc.,.então qual seria o grande vilão dessa história, agora caro editor do blog não tenho duvidas, é a corrupção.
    É a corrupção que empede que uma criança tenha acesso à cultura, educação, que um jovem tenha esperança de fazer um curso universitário para que no futuro possa ter um emprego digno, é a corrupção que deixa 80% de um país vivendo em extrema ignorancia.
    Sem duvida esses corruptos fazem grande parte desses “ignorantes” acreditarem que o caminho para uma sociedade mais justa, é combatendo o tráfico de drogas, que temos que fazer guerra com o morro, colocar o exercito nas ruas, que a droga tem que ser abolida da sociedade, que crianças de 12 anos se drogam e traficam,.etc.,mas quando as verbas para educação, progamas sociais e conscientização da população são desviadas, concerteza eles vão estar bem protegidos pelas leis. O tráfico de drogas é uma farça, ele nunca vai acabar desse jeito, ele só sustenta uma sociedade que vive á margem de outra e assim vai continuar.
    O Sr. bem que está fazendo a pergunta certea “Como acabar ou pelo menos reduzir o uso da maconha?”, mas infelizmente está seguindo uma linha de raciocío muito duvidosa.

    O Sr. já imaginou se todos os Legisladores, politicos, delegados e policiais que combatem o tráfico de drogas hj, começassem um verdadeiro combate á corrupção, será que a população teriam menos motivos pra fumar, cheirar e beber. Não acha estranho um país como os Estados Unidos estar muito menos preocupado com tráfico de drogas, do que o Brasil que consume mt menos drogas que a terra do Tio Sam. Nós matamos bem mais brasileiros do que eles matam afegãos, Iraquianos e Árabes em geral. A luta contra o tráfico é ridicula elá só enriquece uma meia duzia de testas de ferro nos Eua Colombia etc.,.Vamos colocar o foco no que realmente interessa, Corrupção. Legalize já…

    Waiting for your reply.,.

  8. ola amigo !!
    Tenho sempre minha opniao formada sobre tudo,posso diser q nao sou o cara mais esperto do mundo mais tambem nao sou o mais burro!
    fumo maconha a muito tempo, e durante esse tempo vi e ouvi muitas coisas,mais o real nao e dito,q cada um faz oq quer da vida mesmo q se ferre ou q seja proibido,nao adianta reprimi com ingnorancia como tem cido feito, tem q ter um acordo,nao sei diser qual mata mais se e a bala perdida da policia contra os traficante ou a orverdose de maconha apesar de nunca te ficado sabento q isso acontece pois nunca deu em mim nem a niguem q eu conheço nunca ouvi fala q auquem tenha morrido porque fumo maconha apenas maconha,ou vc sabe algum caso?ja vi gente morre porque subiu o morro na hora errada,rolo tiro teio enquanto eles comprava, o povo nao deixa de fuma e a violencia almenta poq os traficante tem q se arma pra vente e nao perde seu produtos q sao contra as leis,eu trabalho na roça des dos 8 anos de idade fumo des dos dose e tenho vinte e tres nao tento convenser a ninguem q maconha e bom mais sou tirado de vagabundo porq tenho um vicio proibido axo injusto se eu nao te encomodo com nada poque tenho q ser encomodado se faço o mal e para eu mesmo se tenho vicio e porq tenho um compromiço de mante e se eu faso isso usando meu trabalho poq sou vagabundo nao da pra faser iqual o cigarro comum q ta cada ves mais perdendo seu espaço sem ninguem impo essa condiçao,tenho respeito com as peçoa oq q custa me repeita,tem gente q paça o dia todo au meu lado e nao sabe q fumo pois sei q mudaria com migo se souber,como ja aconteceu muitas veses se foce liberado eu nao taria finaciando o trafico mais sim os corrupitos nao sei oq e menos pio talvei plantaria e colheria a minha do meu uso para nao finacia a niguem meus pais sao evangelicos e nao me tratao com idiferença nenhuma nao porq sou filho deles mais sim porq sou um quereiro q vive pela sustiça e digo nao a violecia digo nao a discriminaçao se vc nao gosta de droga nenhuma nao use se vc nao quer ver seu filho viciado em maconha,de seu ponto de fista a ele se vc souber como realmente ele vai te entende mais isso nao quer dizer q ele e obrigado a aceita e se ele nao aceita nao vai ser vc quem vai impedi muito menos a policia,sera q ele deixaria de ser seu filho poq usa maconha ou por se gay
    sou maconhero sim nao me orgulho diço mas tambem nao me sinto pior q niguem so queria poder ir na venda da esquina compra meu basiado como faço com meu cigaro sem risco de toma um tiro ou ser preso sem ter na conciecia q to fasendo mal a alguem finaciando o trafico.
    vc e um servo de Deus pegunta a ele o q axa de mim se sou uma ma peçoa porq fumo maconha.
    Fico por aki apesar de ter muito oq fala,peço perdao se falei alguma coisa desacradavel foi minha entençao so quero um mundo melhor sem preconceito sem injustiças,paz amor e liberdade a todos!!

  9. olha nao sei muitobem o q pensar
    nao sou usuaria mas conheco alguns

    claro q nem todo mundo vai usar a maconha de forma errada
    alguns usam por q ela ja fas parte do seu dia a dia
    se sentem bem com isso
    ja outras pessoas
    tenta se descobri atraves da maconha e se dao muito mal por q nao sabe usa-la
    entao e isso
    fico muito confusa com tudo isso mas a verdade e q a liberacao causaria muitos problemas

    vamos da outro geito nesse problema
    sem ter q liberar
    a maconha pra mim e como disseram antes e um trampolim
    quem usa sem pre quer mais.

  10. …uehuheuhe…
    Acho isso uma bestera!
    Porque fumo maconha a vinte anos
    Nunca usei outro tipo de “drogas”
    E critíco a lei por naum legaliza!!
    Mas enquanto isso vou comprando
    Mas barato la na “boca” sem pagar emposto
    Eu fumo bek a noite toda!!!

  11. “Se nós pensarmos o porquê a maconha existe, iremos chegar a seguinte conclusão: foi Deus que quis”.

    Pense nessa frase rapaz. Voce está indo contra uma vontade de Deus. é vontade de Deus fazer uma planta crescer. Como voce tem moral para dizer que uma coisa criada pelo Divino seje do mal, e tem que ser proibida?

    Cara, voce fala coisas completamentes absurdas.

    Leia Genesis 1:28,29.

    Agora onde está escrito que Cannabis Sativa não poder ser usada?

    Como vc fala que não é Deus, uma coisa criada pelo proprio Deus?

    O Governador está certo. Milhoes de pessoas morrem pela proibição, e bilhoes de dinheiros tem sido gasto em vão. Sendo que a maconha em si não mata ninguem, e contribui para a economia do país.

    Voce está errado, e não essas pessoas.

    pare e pense um pouco rapaz.

    Voce deve ser traficante para estar falando uma bobagem dessa. Ninguem está lutando para todo mundo fuma maconha. Ninguem esta incentivando o uso de nada. Só estamos lutando para que o dinheiro que vai para o trafico, e financia crimes e bandidos, seje deviado para que o governo gaste em areas como saúde e educação.

    Tem que acabar com o trafico SIM. Para que iriam querer acabar com o uso da cannabis? Não Há motivos para isso meu caro.
    Voce sabia que Cannabis pode ser usada no tratamento de mais de 20 doenças?

    Voce sabia, que a cannabis é super saúdavel, e seu oleo chega a ser o segundo mais saudavel do mundo, sendo mais saudavel que azeite de oliva e oleo de girassal?

    Voce sabia que uma enorme plantação de maconha, poderia ajudar contra o aquecimento global?

    Voce sabia que com a cannabis se faz combustivel, melhor, e mais saúdavel do que o petroleo? e ainda é uma fonte totalmente renovavel?

    Voce sabia que um pé de maconha pode produzir mais papel, do que 4 arvores de eucaliptos, levando em conta que a cannabis cresce em pouco mais que 110 dias?

    Voce sabia que a cannabis produz fibras melhor, mais duravel, e mais confortavel do que qq outra, para produção de roupas, sapatos, carros, e acessorios?

    Você sabia que em varias religiões do mundo, se usam a cannabis como forma de se aproximar a Deus? E isso vem desde os primordios?

    Voce sabia que a cannabis é usada em tratamentos desde 7.000 AC?

    Voce sabia que Cannabis foi proibida por motivos politicos?

    E tem muito mais… caso queira saber, eu lhe dou uma aula de Cannabis.

    xD

    Seu preconceito mata. Minha cannabis não.
    Seu preconceito, e seu julgamento é contra Deus. minha cannabis foi criada por Deus.

  12. Caro editor do blog, sinceramente naum entendo pq fez esse blog, pensei que era pra debatermos sobre o assunto, mas parece que vc fez esse blog pra nada, pois Não debate nada…

    Será q o Sr. não tem nada a dizer, acabou seu repertório…Está faltando tempo?? Muito trabalho?
    Seja o q for, poderia pelo menos finalizar a discução, ou o Sr. não dá a mínima pra o assunto,, acho q não, pois seria muito rídiculo da sua parte fazer um blog por pura mediocridade.,.

    No aguardo.,.

    Mr. JOnes

  13. Prezado RaphAntrax,

    Vc disse:
    Quantas pessoas morrem na Ásia, na África, nas Américas, na Europa por conta da proibição do tráfico de drogas? Quantas morreriam se houvesse um processo de legalização e controle?

    Primeiro, vc parte de um pensamento equivocado baseado em uma lógica inversa, partindo do pressuposto de que o uso da maconha é algo bom, e, por isso, o grande problema é a sua proibição. Ora, está mais que provado e comprovado que a maconha que é uma droga que provoca sérios danos mentais, reduzindo a capacidade intelectual dos seus usuários. Acho, inclusive, que o motivo de dizer algumas asneiras é extamente por isso: Teve a sua condição de pensamento reduzida em virtude do uso constante dessa droga.

    Segundo, vc diz que não é a favor da legalização das drogas, mas somente da maconha. Ora, mas isso é um pensamento conflitante, posto que é sabido que a maconha é uma droga trampolim, chegando-se o momento em que o indíviduo vai querer partir para drogas mais pesadas, e daí eu pergunto: Chegaremos um momento que a concaína Tb terá que ser legalizada baseado no fundamento de que não provoca maiores problemas em seus usuários?

    Ademais, vejamos alguns efeitos crônicos da maconha:

    Efeitos Crônicos
    1. Células e sistema imunológicos
    Comprometimento da imunidade, aumento de infecções bacterianas e virais
    Carcinogênese, mutação celular
    2. Sistema cardiovascular
    Pacientes com história de angina podem evoluir com precordialgia devido ao aumento da demanda do miocardio e pela taquicardia
    Maior risco de hipertensão arterial, doença cérebro vascular ou coronariana como conseqüência da taquicardia e aumento da pressão arterial
    3. Sistema reprodutor
    Diminuição da testosterona e da produção de esperma, desorganização do ciclo ovulatório.
    Uso na gravidez: hipóxia fetal, comprometimento do desenvolvimento fetal, baixo peso ao nascimento.
    4. Sistema respiratório
    Fenômenos irritativos dos epitélios dos brônquios e nasofaringe
    Bronquite crônica, câncer pulmonar, faringite, sinusite
    5. Efeitos no desenvolvimento e adolescência
    Estreitamento do repertório social e interacional
    Abertura para o uso de outras drogas (primeiro uso de drogas lícitas – álcool e tabaco, passando para canabis, cocaína e alucinógenos)
    Piora do desempenho escolar
    Pior taxa de desemprego na vida adulta.
    A ação da maconha no sistema nervoso central

    A ação da maconha (canabis) assemelha-se aos opioides e benzodiazepínicos que atuam em receptores específicos do cérebro, diferentemente do álcool que perturba a atividade de diversos neurotransmissores. Os receptores específicos da maconha são chamados “receptores canabinóides” sendo que sua distribuição no cérebro está localizada principalmente nas regiões da cortex cerebral, hipocampo, cerebelo e gânglios basais. Vale notar que as funções neurológicas destas áreas com maior concentração de receptores canabinóides correspondem a alguns dos efeitos específicos da droga como por exemplo: pensamento desorganizado (cortex cerebral), dificuldades de memória (hipocampo), descoordenação motora (cerebelo). Os efeitos euforizantes agudos parecem estar relacionados com a ação dos receptores canabinóides no sistema dopaminérgico mesolímbico cerebral. Este sistema é responsável pela experiência de reforçamento produzida pela maioria das drogas de abuso. Alguns dos efeitos do THC ocorrem pela interação com o sistema opióide endógeno, que por sua vez interage com o sistema dopaminérgico.
    O uso crônico da canábis pode produzir mudanças neuroadaptativas no sistema límbico, de maneira semelhante às outras drogas de abuso, o que parece explicar os efeitos da retirada da droga, com os fenômenos de craving associados a abstinência.
    Mais recentemente foi descoberta a “anandamida”, uma substância endógena cerebral que se liga ao receptor canabinóide e simula a ação do THC, as pesquisas com esta substância podem vir a trazer importantes contribuições no entendimento do sistema canabinóide no cérebro.
    Absorção e metabolismo da maconha.

    Quando utilizado na forma fumada, o THC é absorvido rapidamente dos pulmões na corrente sangüínea com um pico de concentração ocorrendo cerca de 10 minutos depois do ato de fumar; observa-se que o declínio de THC no sangue é igualmente rápido de maneira que após uma hora consumo, apenas cerca de 5 a 10% dos níveis sangüíneos de THC ainda podem permanecer circulando.
    A absorção pode ser muito mais lenta, caso o THC for ingerido oralmente, na forma de bolos ou tortas, sendo o início dos efeitos sentidos somente depois de uma hora ou mais, permanecendo ativos por até 5 horas ou mais.
    A metabolização do THC tem início imediatamente nos pulmões na forma fumada, ou nos intestinos na forma ingerida oralmente, mas a maior parte do THC é absorvida na corrente sangüínea e levada até o fígado onde é transformada em dois subprodutos, sendo um psicoativo e outro não. Este subprodutos são os responsáveis pelo principais efeitos psicoativos do uso da maconha, principalmente quando consumida oralmente.

    Editor

  14. Caro Ruy,

    Você disse uma pérola: “Usar THC não é um problema moral”.

    Esse é o pensamento vigente no momento, onde a moral e os bons costumes não são levados em consideração quando da tomada de decisões por parte de alguns de nossos políticos.
    Ora, o padrão moral é o meio pelo qual traz paz ao ambiente social. O contrário é anarquismo e completo descontrole. A proibição do uso da maconha tem fundamento moral sim, posto que, uma vez constatado que o seu uso provoca problemas físicos, psíquicos e sociais, e que toda sociedade é afetada com o seu uso, então o uso da THC é um problema moral. Ademais, pessoas que são viciadas e possuem dependência a essa droga possuem sérios problema, eis que são reféns do uso diário, não conseguindo fazer outra coisa antes de darem um “tapa na droga”.

    Diga-me, caro Ruy, a dependência é ou não um problema moral. O vício é ou não um problema moral?
    Responda-me e continuaremos o debate.
    Editor

  15. Jonathan

    Sinceramente, com todo respeito, mas o seu comentário faz-me rir.

    Vc disse:

    “Os nazistas tb tinham posicionamentos firmes e fundamentados com relação ás suas idéias, tanto que convenceram grande parte da alemanha sobre seus ideais, e nem por isso deixaram de matar milhoes de judeus. Fico me perguntando se vc não achou o governo de Hitler preconceituoso?..”

    Pelo que se infere do seu comentário o erro de Hitler foi ter posicionamento firmes (meio) com relação às suas idéias (conteúdo). Ora, de fato sabemos que Hitler foi o maior ditador de todos os tempos. Entanto, deve-se entender que o erro de Hitler não estava no seu posicionamento firme, mas sim na sua idéia, na sua cosmovisão, ou seja, naquilo em que cria.

    Não existe equivoco em ter posicionamento firme sobre determinada coisa. Ou vc diria que é errado ser contrário ao estupro ou ao aborto. Ou são assuntos que podem ser transigidos? Penso que não. Afinal, ter posicionamentos firmes e fundamentados sobre temas que trazem prejuízos para a humanidade não é um erro. Isso pressupõe que o pensador tem convicções daquilo em que acredita.

    Por outro lado, o erro de Hitler foi ter uma idéia (cosmovisão) errada. As cosmovisões têm conseqüências práticas. A ‘forma de ver o mundo’ de uma pessoa não fica isolada apenas na cabeça dela. Pelo contrário, é a força que o leva a agir em todas as esferas da sua vida. Com efeito, quando alguém acredita em uma cosmovisão completamente equivocada os resultados disso podem ser drásticos, não somente para a pessoa, mas também para toda a sociedade. No caso de Adolf Hitler. Suas nefastas idéias sobre a superioridade da raça ariana e as suas teses racistas e anti-semitas foram responsáveis pelo genocídio de milhares de pessoas, desencadeando, inclusive, a 2ª Guerra Mundial.

    Foi bom vc tocar nesse assunto, afinal, é bom trazermos à baila a cosmovisão pela qual se defende a legalização do uso da droga. Um pensamento onde o homem é o centro de todas as coisas, e o que vale são os seus “direitos”, pouco importando se os seus atos promoverão males no meio da sociedade. Diga-me: isso não é uma forma de ditadura da liberalidade? Onde todos os demais componentes do meio precisam suportar pessoas que usam maconha. Isso não é uma forma de fazer com que os demais indivíduos tenham que tolerar esse tipo de pensamento.

    Acho eu que os defensores do uso da maconha vivem em constante estado de alucinação, afinal, não percebem que os direitos deles não podem suprimir os direitos dos demais. Não entendem que vivemos em sociedade. Não entendem que o uso da maconha provoca problemas em toda sociedade, e não somente em suas pequenas cacholinhas. Acontece que vcs estão ocupados demais fumando seus baseados, sem tempo para a reflexão.

    Outra coisa, Jonathan, vc fala em preconceito. Mas, diga-me, o que é preconceito pra vc?

    Faço tal pergunta pois o seu conceito pelo que vejo foi relativizado. Preconceito é quando a pessoa fala sobre alguma coisa sem antes de analisa ou estudado o assunto. No caso em questão, não há que se falar em preconceito, em sim em conceito, que por sinal tem como base o equívoco na liberação da maconha. Acontece que, geralmente, o termo preconceito é usado contra pessoas que tem convicções daquilo que dizem. E isso por acaso é errado? Acho até engraçado isso. Somos taxados de preconceituosos porque contrariamos algumas formas de visões de mundo. Isso é condição para alguém ser considerado preconceituoso?

    Vc disse:

    “Fico me perguntado, se é melhor um pai proibir sua criança de nadar na piscina( pq pode ser perigoso) ou ensiná-la a nadar, para que assim ela possa se proteger, pois uma hora o papai pode não estar por perto. O combate ás drogas tem que ser mais ou menos por ae, pois a droga nunca foi um problema, ela sempre existiu, pra mim ela é uma “saída” para os problemas da sociedade, como desemprego, angustia depressão, falta de educação, falta de envestimentos no esporte, na cultura, falta de estrutura familiar,, etc.,.então qual seria o grande vilão dessa história, agora caro editor do blog não tenho duvidas, é a corrupção.”

    Como diria o Jô Soares: “Vc pode não estar vendo, mas aqui por dentro estou morrendo de rir”. É esta a forma como me encontro ao ler a sua analogia da piscina, ridícula.

    Segundo sua analogia, é melhor o pai ensinar o seu filho a usar maconha, ao contrário de proibi-lo. Olha que absurdo vc disse. Reflita vc mesmo.

    Fico imaginando a cena: O pai, num final de semana, chama seu filho para as instruções iniciais. – Filho venha aqui, quero ensinar a vc a forma correta de usar maconha.
    Seria cômico se não fosse trágico.

    Depois, os pais ensinarão seus filhos a usar cocaína, heroína e crack!

    Ora, o problema da maconha está nela mesma e não na forma como é usada.

    Editor

  16. Jones,

    O debate está aberto, estou no aguardo de mais argumentos por parte de vcs, defensores da maconha.

    Assim, no momento exato, farei a finalização do tema.

    Vamos lá, nào desistam. Leiam mais. Pesquisem mais.

    Editor

  17. Adriano,

    Realmente acredito que foi da vontade de Deus que a planta da cannabis existisse. A planta em si, não traz males.
    Ela é resultado da própria natureza. Assim como o ferro que produz armas de fogo e outros ingredientes que produzem outras drogas.

    Mas exatamente nesse ponto está a questão: a forma como estamos usando os recursos que Deus nos concedeu. Em referência ao ferro, o mesmo é bom em si mesmo, como elemento natural e pode ser usado de forma benéfica. Por outra via, qdo o homem o usa para produzir arma e com isso matar seu próximo, então, temos um caso de completo desvirtuamento das coisas criadas por Deus, onde o homem o usou para um fim ilícito.

    A mesma lógica se aplica à planta da maconha, em si é boa. Entanto, quando homem se aplica a fazer rolinhos, fumar e conseqüentemente produzir males sociais, então, temos de mesma forma, uma utilização para fins desvirtuados daqueles propostos por Deus.

    Veja que vc listou vários benefícios da maconha, como planta natural, mas o que se vê hoje, e o debate é sobre isso, a forma como as pessoas usam-na como droga psicotrópica. Esse é o problema!

    Gostaria que vc fizesse duas listas do uso da maconha como fumo. De um lado vc coloca os seus “benefícios” do outro os malefícios. Ao final, veja quem tem razão.

    Editor

  18. Todo mundo tem uma receita magica para o mundo. Na minha humilde opnião(ninguem pediu), a palavra de ordem é TOLERANCIA , e preciso entender e aceitar que existe um pensamento diferente do nosso. Quando Dr. Valmir colocou sua opinião aqui é logico que ela não seria a unica do planeta, ele é um recorte da sociedade, um extrato de onde cresceu , seus valores morais , sociais e eticos os levaram a estas considerações. A liberação de qualquer coisa que seja proibida e sempre vista mundialmente como um ato de crescimento. Crescimento intelectual, social e ate que sabe espiritual. Em sociedades muito proibitivas que percebemos um grande numero de regras e proibições , isso separa os animais dos homens de verdade.

    Algumas questões :

    O IDH é uma medida comparativa de riqueza, alfabetização, educação, esperança de vida, natalidade e outros fatores para os diversos países do mundo. É uma maneira padronizada de avaliação e medida do bem-estar de uma população, especialmente bem-estar infantil. O índice foi desenvolvido em 1990 pelo economista paquistanês Mahbub ul Haq, e vem sendo usado desde 1993 pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento em seu relatório anual.

    Todo ano, os países membros da ONU são classificados de acordo com essas medidas. Os países com uma classificação elevada freqüentemente divulgam a informação, a fim de atrair imigrantes qualificados ou desencorajar a emigração.

    Onde o IDH é maior ?

    A – Afeganistão
    B – Suiça

    Onde se proibe mais ?

    A – Afeganistão
    B – Suiça

    Onde bebidas homosexualismo drogas são proibidos e punidos com mutilações e morte ?

    A – Afeganistão
    B – Suiça

    Então aqui vai a mensagem :

    ” Viva o amor , preocupe-se mais com sua vida ou mude-se para o afeganistão “

  19. eu sou contra a liberação da maconha,pois os usuarios não respeitam mais ninguem.
    eles fumam em praça publica em parque cheios de crianças, nos ponto de ônibus, no meio de todo mundo. eles já não respeitavam mas agora piorou muitooooo.

    eles fumam nas esquinas onde passam varias pessoas … a gente sente o cheiro de longe..
    isso é insuportavel.

    só Deus p/ nos ajudar

  20. Olá amigo gostei muito das suas ideias explessadas, sou ex usario a maconha destrui a minha vida por um tempo, mas graças a Deus ele a construiu e hoje ele me usa de uma forma tremenda, tudo de bom pra vc na sua jornada,que Deus continue te abençoando!!!!flw

  21. Olá amigo gostei muito das suas ideias explessadas, sou ex usario, quero dizer que a maconha destruiu a minha vida por um tempo, mas graças a Deus ele a construiu, e hoje ele me usa de uma forma tremenda, tudo de bom pra vc na sua jornada,que Deus continue te abençoando!!!! flw

  22. Gostaria de saber pq bebidas alcoolica ñ são proibidas ?Ja vi pessoas beber uma pinga ou umas cervejas e se transformarem ..mexer com mulher dos outros,chamar pessoas na porrada, ficando desinibidas e dancar em festa o alcool deixa a pessoa chata..Agora eu nunca vi uma pessoa fumar um cigarro de maconha e fazer essas bobeiras…
    Sou a favor da liberaçao da Canabis Sativa

  23. Sr Valmir, tenho o maior respeito pela sua opnião, e acredito que o primeiro passo pelo mundo me
    lhor, é aprendermos a respeitar as o pniões contra rias as nóssas. Acredito que o grande problema do mundo, mas o grande problema mesmo, não seja a maconha, a religião, a política ou qualquer questão neste sentido, mas sim quando não respeitamos a opnião alheia.
    Eu acredito que o sr seja uma ótima pessoa, e que no fim de tudo só queira a mesma coisa que eu, um mundo melhor.
    Tenho na minha humilde opnião, a certeza que a religião por exemplo, mata e faz muito mais mal que a maconha, acredito que Deus seja uma farça, e a maioria dos pastores, padres, congregações, tenham um único objetivo, ganhar dinheiro as custas de uma sociedade carente, pobre de espirito, e perdida no mundo. Mas quero chamar a atenção para uma palavra do meu argumento, ” MAIORIA”, e mesmo eu tendo essa opnião particular e pessoal, acho que não tenho o direito de generalizar, e afirmar que o Sr, seja um cara ambicioso, egoista, etc..
    Mas seu não tenho o direito de generalizar, e por não lhe conhecer, não poder afirmar que o Sr é uma pessoa má, que direito o Sr tem de generalizar, e falar que um maconheiro é isso ou aquilo.
    Não sou usuario, e sou contra o consumo da maconha, mas sinceramente, sou absolutamente a favor da liberação, e porque?
    Por que pra mim o problema, não é a maconha, mas o que esta em torno dela… política, religião e economia.
    A maioria dos meus amigos fumam maconha, e posso lhe dizer com toda a certeza, que não tenho nenhum amigo, vagabundo, vdio, ladrão, corrupto.
    Há! Chegamos a palavra chave, corrupção, porque a maconha não é liberada?
    O principal motivo é a corrupção, como é que os policiais, que ganham, desculpa o palavriado agora, uma mérda, vão encrementar os seus salários, sem o tráfico e o traficante prara lhe subornar? como é que eles vão esplicar a miséria neste país, sem o tráfico para servir como desculpa? como é que o pastor da igreja vai faturar, se não existir o pobre do drogado para mendingar um afago espiritual?
    Quero lembrar, que não estou generalizando, mas é assim que acontece.
    A questão que a maconha leva a outras drogas, é uma mentira, o que te léva a outras drogas, é o ambiente onde se compra a maconha, o morro, é a falta de educação, pois se existisse uma educação verdadeira, as pessoas não precisariam ser proibidas, saberiam tomar as suas escolhas, o que falta é OPORTUNIDADE.
    Acho que o Sr, é uma pessoa inteligente de boa índole, mas esta cego, foi cegado por uma força chamada sistema.
    Eu tenho apenas 22 anos, e acredito que não saiba tudo de mundo, talves eu ainda perceba que estou errado, mas para mim, uma coisa é fundamental, respeite os outros, não julgue ninguém sem conhecer, pois isso é o mal que faz o mundo ser tão mal.

    Alemão

  24. voçe disse: “está mais que provado e comprovado que a maconha que é uma droga que provoca sérios danos mentais, reduzindo a capacidade intelectual dos seus usuários ”
    por quem foi porvado e comprovado, qual estudo cientifico ( não vale aqueles que aplicam doses para elefantes em ratinhos!), comprova sem sombra de dúvidas que a maconha reduz a capacidade mental dos usuários?
    usando maconha, nunca experimentei outras drogas, usando maconha leio uma média de 3 livros por mês a mais de 20 anos(faça as contas para saber o tamanho da minha biblioteca), usando maconha sou pai de 2 filhos lindos 5 e 3 anos( o mais velho aprendeu comigo a ler aos 4 e já escreve aos 5 anos), usando maconha sou trabalhador de carteira assinada desde os 15 anos de idade, usando maconha nunca roubei nem matei, usando maconha tenho hoje dois carros( sendo um top de linha e zero Km), casas (atençao no plural) e um sítio onde descanço com a familia nos feriados, usando maconha tenho até tempo para encontrar afirmaçoes inreais como a do Sr. e tantar ilumina las com um pouco de experiência real de vida.
    Já que alguns citaram o nome de deus, acrescento que, deus deu o livre harbitrio para TODOS, inclusive para o Sr. falar as besteiras que falou.

  25. Ai galera eu não fumo maconha
    mais ai pow nao sei pq o governo
    não libera a maconha pow q issu
    ja vi tanta gente morre pq
    de uma droga de um baseado a justiça é céga mano
    morre tanta genti eu axo que a maconha deve
    ser liberada sim iria melhorar o nosso pais
    q é um pais pobre para melhoria e tambem iria
    evitar as mortes que tanto acontecem
    porra sera q a justiça nao viu issu ainda não
    genti ser presa pq de uma maconha e ainda pega 1 2 3 se duvidar ate mais anos de cadeia eu tenho certeza
    q cigarro ainda é pior que maconha pra arregaça com o organismo da pessoa sinceramnete ó
    vo manda ate um papo pra vcs…………………….
    Alo presão e anciosidade é veneno que eles paga no dia dia por ce encontra ezilado de sua liberdade mais oque o homen da lei não sabe que o homen sem liberdade se torna um homen mal e acaba dexando de sonhar e o homen quando para de sonha só tem tempo pra viver o presenti podi cre mlk…….Edilson tambem penssa nessa msma maneira o abuso de autorideda é a ridicularidade denro da sociedade!!!

  26. Quanto choradeira de crente.

    Ficou o post inteiro se lamentando, esperneando e não argumentou nada. Ou seja, não ajudou em nada a resolver o problema das mortes pelo tráfico, só ficou se manifestando contra e criticando a idéia de liberação do uso da maconha.

    Os únicos pseudo-argumentos foram: Faz mal à saúde e questões éticas. Por favor, você como advogado deveria argumentar melhor. Se formos nos abster a tudo que faz mal à saúde, vamos nos transformar como aqueles idiotas vegetarianos que fazem cara de nojo quando olham você comendo pão e presunto.

    Gostaria de ler sua definição de “fazer mal à saúde”, pois até onde sei, é toda substância que pode alterar o funcionamento normal de seu metabolismo, estou errado ou você tem uma definição melhor? Concorda comigo se eu disse que se eu tomar 5 xícaras de café, a cafeína agirá no meu sistema nervoso alterando meus batimentos cardíacos e o funcionamento normal do meu sistema nervoso? Então ao tomar café estamos fazendo mal à nossa saúde? E quanto à carne(vermelha)? Que está provado que contribui para o câncer e colesterol? E falando em colesterol, o que dizer de uma taça de vinho? O alcool etílico também altera nosso sistema nervoso e pode levar à dependência.

    Tudo que é ingerido em excesso “faz mal à saúde”, caro advogado. Experimente ingerir 20 litros de água, você morrerá dolorosamente. Mais importante do que a quantidade, é a definição do que é lícito. Quem diz o que é lícito aos cidadãos é o governo, de que modo tecnicamente eles decidem isso não se sabe, talvez seja por bom senso, mas tenho dúvidas disso. Talvez você pense: “Não é por bom senso, são por estudos, maconha faz muito mais mal do que carne, mesmo ingerida em excesso”. Mas não são os estudos quem define o que é lícito, é o bom senso sim!

    Já que você falou em balança, penso que é exatamente assim que age o bom senso ao se determinar as leis. Você deve saber mais desse assunto do que eu, espero. Nessa balança são colocados os prós e os contras. Por exemplo a cerveja, é uma bebida que particularmente aprecio, adoro o sabor do malte com a sutileza do álcool etílico, ou seja, tenho prazer ao beber uma boa cerveja, além do sabor, ela refresca e tira nossa inibição. Esses são os prós, os contras são, que em excesso, essa inibição ganha falta de controle motor, vício, vômito e até coma alcoolico. O bom senso diz que se ingerida de forma adequada, existem muitos mais prós do que contra. Já o cigarro é uma coisa que eu não consigo entender, pois só vejo contras, doenças pulmonares, derrame, dependência, sem falar que é um gasto de dinheiro sem nenhum benefício aparente. Temos centenas de outros exemplos que nem sequer são drogas, como o refrigerante. Já leu sobre aquele cara que passou um mês comendo só coisa do McDonnalds? Além do cara ter engordado, o nível de colesterol foi absurdo.

    Todo esse blá blá blá foi só pra dizer que o argumento de “faz mal à saúde” não cola. Sobre questões éticas, isso é dever dos pais e do governo, nenhuma educação é completa se os dois não se aliarem. Acha que quando eu tiver um filho adolescente eu irei proibí-lo de usar maconha? Claro que não. Ao invés disso, eu vou orientá-lo sobre os benefícios e os malefícios que esta droga nos traz e aconselhar que não use, e irei fazer isso não só com a maconha mas como todos as outras drogas ou entorpecentes, como também a cerveja, cigarro… então ficará a critério dele decidir, e como presumo que meu filho será muito inteligente, tenho certeza que ele fará a decisão certa. Reprimir e proibir só levam os filhos à curiosidade e a curiosidade matou o gato, lembra?

    Então antes de postular que a pergunta da questão é “Como acabar ou pelo menos reduzir o uso da maconha?”. Acho que deveríamos nos perguntar é: “Os usuários de maconha têm conhecimento pleno dos prós e contra do uso da maconha? Vale realmente à pena usufruir dos benefícios dela mas por outro lado queimar neurônios? Os usuários estão conscientes de que querem parar?”

  27. Prezado Xavier!

    Fico muito feliz em você expor sua properidade financeiro, e vejo que vc também é uma pessoa muito inteligente com uma família extruturada e feliz. Certamento o seu consumo de drogas (Maconha), foi iniciado muito cedo, aos 15 anos de idade. Vejo que seus pais não estavam atentos a esta situação. Pessoas como você vem contribuindo grandiosamente para o desenvolvimento da nossa sociedade visto que os valores empregados são a liberação de todas as mazelas que destroem o convivio em comum. Para a sua felicidade este consumo de intorpecente(maconha), não prejudicou sua vida intelectual e familiar como vc mesmo disse: “possuo muitas posses, casas, carros e muito mais”. Liberar a maconha fará que pessoas como você estejam a todo momento se vangloriando, por amor de Deus, não exponha os seus filhos a esta aberração, visto que devemos valorizar as coisas boas e certamente a maconha não esta incluída neste rool.

    O Estado têm o dever de cuidar de sua população, se não o faz é por negligência e falta de recursos. Não é o seu caso pois o senhor possui uma vida finaceira estável e um nivel de “QI” bem mais elevado do que a maioria da nossa população.

    Libera-se a maconha agora, e que virar depois?

    E com relação a Deus, ele nos deu po Livre Arbitrio más tabem nos deu intelegência e conciência para distiguirmos o certo do errado. E a minha opção e opter sempre pelo o certo e o que é reto conforme a vontade do nosso Senhor.

    Que Deus continue te abençoando.

  28. Deus pensa diferente de vc…
    Inclusive foi Ele mesmo que nos deu um presente para não se exaltar com falsos profetas: Um pé de Canabis para relaxar! Sim foi Ele quem criou o pézinho junto com todas as outas lindas plantas e os seres humanos (incompreensíveis).
    Pelo amor de Deus, ao invés de julgar porque vc’s evangélicos não conseguem apenas “amar” ao próximo?? Vc’s apenas julgam e acham que Jesus olha somente para vc’s…
    Já conversou com um usuário de maconha?
    Ele foi tão crítico quanto vc’s que pensam ser donos da verdade??
    Vai sim existir um outro plano além desse e tenho certeza que lá terão vários pezinhos pelos lindos campos cheios de paz e amor entre os homens, mas lá não terão falsos profetas que querem ser donos da verdade excluindo e marginalizando seus irmãos somente porque usam uma erva que os fazem ficar mais passivos e tranquilos, menos mundanos.
    Já fumou maconha? Acha correto discutir sobre algo que não conhece?
    Sim, a liberação diminuirá em muito as mortes resultadas do tráfico de drogas e tb irá diminuir o consumo de drogas que realmente viciam e que tornam os seus usuários violentos em suas relações sociais.

  29. DESCULPE..DESCONSIDERE MEU COMENTÁRIO O SISTEMA É OUTRO NÃO HÁ COMO MUDAR.
    ACHO APENAS QUE TODA E QUALQUER OPINIÃO DEVERIA SEMPRE SER RESPEITADA E NÃO JULGADA.

  30. falando sobre a maconha e Deus, o que diz o Deus sobre a proibição? o que esta escrito na bíblia foi o homem que escreveu e outro traduziu a sua maneira. naquela época o que escreviam era o seu jornal como o globo o dia e assim vai. depende muito do (reporte que escreve sua publicação. vem do seu eu interior sua reportagem) então vocês preferem a morte por uso de uma substancia que nasce na natureza que Deus Criou. Ele falou pra não comer a fruta Proibida e se come liberado, se polui o meio ambiente a cada dia mais com o petróleo aprisionado por Deus a milhares de anos em cristais em na profundeza dos oceanos e da terra. não se recicla como se deve pois a ganancia do homem impede de separar em casa para seu semelhante a matéria que polui e não nasce em arvore (fazer o bem sem olhar a quem) e querem ainda mais morte para gerar armas que gera o lucro ganancioso das industrias bélicas. então é o seguinte a maconha faz mal? faz por causa do que ela passa (corrupção e mortes amônia etc.), mas por outro lado ela só é uma planta comprovada medicinalmente, então o que impede de ser legalizada? o que impede é a ignorância de querer envolver Deus nesta questão, pois foi o homem que proibiu para gerar custos para guerra e querem colocar Deus como escudo dos políticos corruptos que levam o dinheiro para não libera-lá.
    então sejam conscientes o fumo do cigarro, a bebida, os produtos industrializados matam mais que a famosa maconha que poderia se legalizada utiliza-la pura sem queimar para medicamentos. e nos Estados Unidos os maiores poluidores já existem maquinas para vendas com indicações medicas.

  31. caros colegas!

    analisei todos os textos aqui postados, mais tenho uma grande duvida!!!
    Quantas pessoas já morreram ao uso da maconha, existem casos constatados! ou e pura apologia contra? pois na minha opinião, ou libera tudo ou nega tudo, pois já usei a maconha em tempo de colegial e faculdade e era a única droga q usava, hj não uso nada, pra me a pior droga ta liderada q e o cigarro e a bebida, hj não uso a maconha, pois tenho um filho, e tenho interesse em fica com ele, mesmo q um dia não esteja mais com a mãe dele, e falo isso pois para a justiça maconheiro não tem vez! ai já sabe direito para a mãe, mesmo sendo caretona e incompetente, ficaria com o meu carinha q ano muito, então pesando nisso estou a espera da liberação, mais se não houver pra me tanto faz, pois tenho mais de 3 anos q não uso. em relação aos discursos de q muitas gente morre por ser proibido o uso, acho q teria q modifica muitas coisas antes da liberação. Em em relação a religião toda liberação de cada um ta dento de se. e não debato religião , a única coisa q quero E PAZ pra todos e usem o q quiser (apenas saibam usa), não queiram mau ao próximo e compartilhe as acoes boas, pois temos muitas crianças morrendo pelo simples baseado.

    ate mais

  32. se querem usa a bíblia aqui tem uma dica de Isaias capitulo 64 do 1 ao 12

    tem esclarecimento.

    Isaias 64
    1 OH! se fendesses os céus, e descesses, e os montes se escoassem de diante da tua face,
    2 Como o fogo abrasador de fundição, fogo que faz ferver as águas, para fazeres notório o teu nome aos teus adversários, e assim as nações tremessem da tua presença!
    3 Quando fazias coisas terríveis, que nunca esperávamos, descias, e os montes se escoavam diante da tua face.
    4 Porque desde a antiguidade não se ouviu, nem com ouvidos se percebeu, nem com os olhos se viu um Deus além de ti que trabalha para aquele que nele espera.
    5 Saíste ao encontro daquele que se alegrava e praticava justiça e dos que se lembram de ti nos teus caminhos; eis que te iraste, porque pecamos; neles há eternidade, para que sejamos salvos?
    6 Mas todos nós somos como o imundo, e todas as nossas justiças como trapo da imundícia; e todos nós murchamos como a folha, e as nossas iniqüidades como um vento nos arrebatam.
    7 E já ninguém há que invoque o teu nome, que se desperte, e te detenhas; porque escondes de nós o teu rosto, e nos fazes derreter, por causa das nossas iniqüidades.
    8 Mas agora, ó SENHOR, tu és nosso Pai; nós o barro e tu o nosso oleiro; e todos nós a obra das tuas mãos.
    9 Não te enfureças tanto, ó SENHOR, nem perpetuamente te lembres da iniqüidade; olha, pois, nós te pedimos, todos nós somos o teu povo.
    10 As tuas santas cidades tornaram-se um deserto; Sião está feita um deserto, Jerusalém está assolada.
    11 A nossa santa e gloriosa casa, em que te louvavam nossos pais, foi queimada a fogo; e todas as nossas coisas preciosas se tornaram em assolação.
    12 Conter-te-ias tu ainda sobre estas coisas, ó SENHOR? Ficarias calado, e nos afligirias tanto?

    Deus promete ouvir a oração e conceder benção ao seus servos

    (então dêem mais amor ao seu próximo comece reciclando para o mundo ter um pouco mais de tempo para pensarmos enquanto preferimos o dinheiro do que a paz)

    Carlos Eduardo r. Gonçalves

  33. Deus não é um cara barbudo que fica sentado lá no céu, Deus é onipotente, onisciente e onipresente então Deus e o Ar que você Respira, a aguá que você bebe, o Sol que te da a Energia, a Terra para Sua moradia e a Planta para Sua sobrevivência então Preserve-o e deixe Entrar em Seu Coração em sua Alma

    legalize já

    as drogas pesadas foram feitas pela mão do homem a maconha e um ser que faz parte de Deus

  34. Saiba mais:

    – Até meados de 1880, mais de três quartos de todo o papel no mundo era feito de cânhamo.
    – Uma colheita de cânhamo produz 4 vezes mais fibra crua do que uma plantação de árvores de tamanho equivalente.
    – As árvores demoram 20 anos até serem adultas, o cânhamo demora 4 meses.
    – O cânhamo não precisa de pesticidas porque é intragável para os insetos, e não precisa de herbicidas porque cresce rápido demais para as ervas daninhas.
    – O cânhamo repele até 95% dos raios ultravioleta quando tecido numa malha apertada e absorve mais água do que o algodão e tem uma força têxtil 3 vezes superior.
    – Quando aportaram por aqui os portugueses, eram em navios com velas e cordames de cânhamo que eles navegavam.
    – Desde mais de mil anos antes de Cristo e até cerca de 1880 DC, o cânhamo foi o maior cultivo agrícola e indústria do planeta, produzindo a esmagadora maioria das fibras, tecidos, óleos, papel, incensos e produtos medicinais do planeta, assim como sendo a principal fonte de alimento para humanos e animais.
    – O cânhamo usa a luz do sol com mais eficácia do que qualquer outra planta no planeta e cresce praticamente em qualquer tipo de solo e clima.
    – O cânhamo oferece uma fonte de combustível valiosa e sustentável para o futuro. O cânhamo rende cerca de 1000 galões de metanol (3785 litros) por acre ano (10 toneladas de biomassa/acre, cada um dando 100 galões de metanol/tonelada). O metanol usado hoje em dia é principalmente retirado do gás natural que é um combustível fóssil. O metanol está atualmente a ser considerado como o combustível principal para os automóveis, esperando assim reduzir os níveis de CO2.
    – As nossas florestas, ou o que sobrou delas, estão a ser cortadas 3 vezes mais depressa do que elas conseguem crescer.
    – A produção de papel de cânhamo não usa lixívias que podem poluir os rios próximos da fábrica.
    – O papel de cânhamo é amigo do ambiente, é mais forte e mais duradouro do que o papel feito da madeira.

  35. Nunca li tanta besteira. O pessoal que não sabe que maconha afeta o pensamento e leva a roubo e mais drogas parece os que dizem que não houve holocausto. Nada como uma sociedade de ponta cabeça! É uma pena. O Brasil poderia ser um país muito bom. Mas infelizmente tem muito drogado na política, na media, nas escolas, dando aula, nos depatamentos públicos, nas casas. São os pais e as mães que foram jovens e se viciaram e hoje são os pais dos que serão os drogados de amanhã.

    Se não houver um renascimento, se os cristãos independente do nome da religião não se unirem e colocarem muita grana para vencer nos congressos de vários estados e em Brasília contra a degradação da sociedade oficialmente através da defeza do que é oposto à vida familiar e respeito à vida social, em contraste com os princípios egoistas dos homossexuais e de mulheres assassinas e dos pobres de espírito viciados em maconha junto com os distribuidores, que enfestam as instituições nacionais com a própria polícia, e os governates e legisladores, se não houver um movimento forte, muito grande, o gigante adormecido vai acordar um dia e se lançar ao mar.

    Eu acho que o problema do Brasil é difícil de arrumar porque de alguma forma a mente do povo sempre foi controlada pela midia, o governo dá “pão e circo” e o povo segue adiante e essa gente toda que quer maconha, sexo irrestrito a custo de propagação de SIDA e sabe mais o que, tanto de homossexuais com bissexuais e heterossexuais que acreditam que mulher é para se usar e descartar, que é diversão, e das mulheres que pensam o mesmo, e depois saem assassinando bebezinhos indefesos, e não algo que Deus mesmo regulou que devia ser sob Sua permissão e dentro dos limites de Sua sabedoria, se não houver um movimento gigantesco não se vai vencer esta batalha.

    Quando eu era pequeno eu fazia cartaz de dia da Pátria e escrevia “Salve o Brasil!” Quão necessária é a fraze hoje, irôncamente, em relação a um país quase perdido (ou perdido?)… depende… tem mais gente que pensa que certo é certo ou que errado é certo? Lendo tanta besteira como li aqui eu acho que é o segundo caso. É uma pena.

  36. PS: Concordo que deviam ir contra o cigarro e as bebidas alcohólicas também. Nos Estados Unidos a guerra contra o cigarro é bem forte. Eles não têm propaganda de cigarro em billboard já faz tempo, na TV nada, e nas firmas fumante tem que ir na neve se congelar para fumar o maldito cigarro. Pobres. Então as companhias perdendo bilhões de dólares lá têm que trabalhar em países como o Brasil onde se pensa que só as drogas dos donos do Rio de Janeiro e São Paulo são os piores problemas da sociedade. Gente, tem tanta coisa errada na sociedade Brasileira que é difícil saber por onde começar mas quando o próprio governo é tomado pelos grandes comerciantes de droga, que é o caso de Rio e São Paulo por exemplo, então os que ainda têm um pouco de mente sã devem erguer as mangas e ir à luta. Será que já não perdemos como nação?

  37. Ehehe acho engraçado encotrar um artigo como esses hj em dia.Onde nao ah fontes de informaçoes e nem nada q nos faça ler e pensar,apenas ler e concordar ou nao ?
    creio q vc falhou nesse artigo.
    Acredito q tenha conseguido mais gente contra do que a favor certo?
    Sou usuario de maconha,nao sou viciado pelo menos nao me sinto mal e nem apresento abstinencia quando nao tenho(sou usuario a 2 anos).
    Estudo em faculdade federal,sou bem visto e bem tratados por todos q me conhecem(nao escondo de ninguem q sou usuario).Claro a pessoas q se tornam viciadas(psicologicamente ,pois nao a estudos q provem q maconha crie uma dependencia quimica,se tiver algum estudo sobre mostre ao mundo),mas eh devido a burrice q nossa juventudo esta esposta,esse pais devia se preocupar em educar seus jovem para q eles tenham escolha sobre seus proprios corpos e mentes e nao impor leis q nos proibam de viver(claro q isso nao se encaixa para todas as leis)como bem entendemos.
    Se precupe em fazer artigos e protestos contra a educaçao segurança e saude, e nao coloque a deus em seus textos para nao passar como tolo.(a nao ser q seu unico publico seja as pessoas mais religiosas)
    outra coisa q eu gostaria de comentar eh parte da sua resposta ao douglas:´´Prezado Douglas,

    Não sei de onde saístes para chegar aqui no nosso blog.

    Fico feliz com isso, pressupõe que este trabalho tem suscitado a participação de diversos tipos de pessoas, cujos pensamentos são divergentes.“
    Eu cheguei aqui graças a um amigo q disse :olha essa merda! esse autor deve apenas olhar para um ponto a sua frente esquecendo das demais em sua volta.Cada pessoas vive o seu mundo e deveria ter o direto disso(sem afetar o mundo dos demais .

  38. O que passa na mente de vcs que concordam com o uso e liberação da maconha é uma prova de que os homens perderam o contato com Deus. Desde o Édem, quando Adão e Eva pecaram a humanidade foi se perdendo de Deus, e atualmente são muitas as pessoas que não sabem o que é ter um relacionamento verdadeiro com o Pai. Quando conhecemos a Deus somos libertos do mal. Infelizmente a mente de muitos jovens, adolescentes e adultos está tomada por pensamentos e idéias sem fundamento que não provém de Deus, é por isso que existe tantas asneiras e blasfemias nestes comentários.
    Parabéns ao Editor,
    Paz.

  39. Sou contra a legalizaçao tbm..!axo q essas pessoas q pensam a favor possuem uma mente muito fechada e ja q a maioria q sao a favor fazem uso dessas drogas nenhuma irá falar q é viciada e so falarão aspectos positivos o q sabemos q naum é verdade pois vemos os estragos q essas drogas fazem com o mundo q vivemos hoje..!so deus mesmo para coencintizar essas pessoas!bjin*

  40. auauauauau

    gostei natália mas a maconha e de antes de Jesus, estamos trabalhando para a liberação do cânhamo para a industria ecológica e a Medicina que ira preservar a natureza para seu filho(a) ou mais
    blasfemia é pensar que segue a Deus mais sim a o capeta, com o óleo que Deus aprisionou em cristais a milhares de anos, esse é e a hidraulica das placas tectônicas, sem ela a Terra, nosso Habitat, onde Jesus veio, onde você mora, não sobreviverá a grande guerra, NATUREZA VS destruidores , AQUECIMENTO GLOBAL vs POPULAÇÃO, se tu queres tanto o mal assim, porque não joga uma bomba logo, pois seu lixo se não for separado é uma bomba tanto para o meio ambiente quanto para seu próximo. então és um matador, né auauauaua. Então eu vou pra igreja correr do diabo, mas acabo encontrando ele na minha casa, pois falo de amor,Jesus quando apanhou de o outro lado, não revidou, + muitas pessoas quando se machucam ainda + com o nosso lixo, as vezes ou quase sempre esquecem Deus e amaldiçoam o homem. Assim toda vez que misturamos a coisa + importante a Vida com o lixo (Material reciclável) estamos mandando Jesus com o capeta Para o próximo e para o fundo da agua, terra e ar com o chorume.

    Paz

    Beatriz Salaba: fechada será o pumão do planeta que você e eu e o dono do blog e seus filhos e filhas e serão os mais sofredores, devemos largar a televisão para podermos chegar a Deus, a televisão não presta, somente para a internet e os jogos que elevam o estimulo cerebral, estudando orando plantando e principalmente agradecendo por mais um dia com oxigênio e meio científicos religiosos como Massaru Emoto explica e Jesus principalmente fala sobre a água que é a fonte principal de vida, largue esse petróleo e estude deixe de ser mediócre nós temos a tecnologia necessária para podermos construir carros que voam e não poluem e filtram o ar que respiramos

    os estragos que você fala são de pessoas que preferem doar suas vidas a algo que acreditam, se for pensar é menos um poluindo. ou se for fiel é + um reciclando

    “Um pouco + de Tempo para nós humanos para pensarmos enquanto preferimos o dinheiro sujo do que a paz… Carlos Eduardo R. Gonçalves”

    ps Deus e Eu vamos coencintizar essas pessoas

  41. ps pedro estou com você, devemos olhar que a nossa vida e mais importante porque Deus nos amou, e fez a natureza o pecado é sermos ignorantes e ver na televisão a destruição do mundo
    auauuau,

    larguem a e utilizem esta grande sabedoria a internet.
    vivam felizes preservem e reciclem ,pois só assim viveremos e chegaremos diante do PAI com a seguinte frase:

    (É melhor atirar-se à luta em busca de dias melhores, mesmo correndo o risco de perder tudo, do que permanecer estático, como os pobres de espírito, que não lutam, mas também não vencem, que não conhecem a dor da derrota, nem a glória de ressurgir dos escombros.
    Esses pobres de espírito, ao final de sua jornada na Terra não agradecem a Deus por terem vivido, mas desculpam-se perante Ele, por terem apenas passado pela vida…
    The King Bob Marley..)

  42. QUANTAS PESSOAS MORREM PELAS DROGAS?…PELA MACONHA ENTÃO QUASE NINGUÉM, AGORA QUANTAS PESSOAS MORREM POR CAUSA DA GUERRA DO GOVERNO DO ESTADO CONTRA A S DROGAS ? NÃO VÊ QUE CADA UM FAZ O QUE QUER…SE ALGUÉM ESTIVESSE REALMENTE PREOCUPADO COM A MINHA SAÚDE ME DAVAM HOSPITAIS DECENTES E NÃO AQUELES MATADOUROS DO ESTADO ( MUNICÍPIO, GOVERNO FEDERAL) PORTANTO PARA DE BABAQUICE DE HISTORINHA DE REPRIMIR AS DROGAS…SE NÃO FOSSE O LIVRE ARBÍTRIO INCLUSIVE SUA IGREJA TAMBÉM NÃO PODERIA EXISTIR!!! ENTÃO NÃO ADIANTA BOTAR A CULPA EM SUBSTÂNCIAS QUE A MAIORIA FOI O PROPRIO HOMEM QUE INVENTOU SE NÃO CONSEGUIMOS TRATAR DO HOMEM QUE AS CONSOME…MUITAS VZS VITIMAS DA GANÂNCIA DOS PRÓPRIOS QUE POUSAM DE SANTOS E GANHAM DINHEIRO COM TUDO ISSO…RESPONDA SE TIVER ALGUM ARGUMENTO !!!!

  43. Caros, apenas envio este post para parabenizar ao Editor do Blog.

    Parabenizo-lhe, não apenas por suas idéias e argumentos, mas sim, por ver a sociedade em que vivemos como um todo e não com pensamentos egocêntricos, como outros aqui presentes.

    Só para constar minha opinião, e “engrossar o caldo”, vou escrever algumas palavras sobre o tema em discussão:

    Depois de muito ler, conversar e adquirir conhecimento sobre o assunto, construi argumentos para expressar o quanto sou contra a legalização da droga (sim, maconha é uma droga, para quem não sabe) e, depois de embelezar meu texto através da arte da retórica e da argumentação, digo.

    Vocês, em sã conciência, tem idéia do que vai acontecer com o Brasil após a liberação da maconha? Não vamos nos tornar um país mais rico ou culturamente avançado, muito pelo contrário, nos tornaremos cada vez mais alienados a tudo que nos rodeia.

    Bom, e aqui termino meu post, caso contrário, vou publicar um livro.

    Abraços a todos.

  44. Carissimos;
    Lendo este texto enquanto procurava por algo a respeito da amonia constante na maconha, não posso deixar de parabenizar o editor do texto em trazer a baila tal discussão.
    Uso maconha há 17 anos e no começo sofri por muito por isto. mas não vou fazer aqui críticas dogmáticas à erva, mas sim dizer o que me ocorreu.
    No começo eu era assumido fumava sim e dai, achava que minha a pessoas iriam me ouvir e entender que a coisa era realmente boa, mas nada disto. A partir daí minha vida virou um inferno, fui alvo de chacotas fui descriminado e tratado com muito preconceito. Perdi promoções no meu trabalho e perdi minha dignidade, por que as pessoas me tachavam sem mais nem menos de um ser “inferior”.
    Mas dei a volta por cima, hoje sou advogado formado e relativamente bem sucedido, aprendi com as dores da vida que a sociedade é uma hipocrisia. Ando de terno e gravata e sempre alinhado, e se me falam sobre drogas, não converso sobre isto. O maior male da maconha é o preconceito e a mentalidade ditatorial dos seguidores da rede globo.
    Não fumo maconha para trabalhar, mas como calmante não tem nada melhor , fumo maconha sexta e sabado a noite, mas tomo cuidado para ninguem saber, porque vivemos em um ninho de cobras e quem não interage com esta loucura mundana de querer consumir a cada segundo de sua vida é previamente condenado e excluido.
    Vivemos em um mundo competitivo e selvagem e apanhei muito por assumir uma postura de ser da paz. e satisfeito com minha vida como ela é.
    Ora somente os crentes são os pacifistas perseguidos ?
    Digo que NÂO, a sociedade não admite quem fuma maconha e sabe porque?
    Respondo: O usuário de maconha perde a ânsia de consumir, perde o perfil agressivo e competitivo do consumidor, e isto traz prejuízo. A elite desta republiqueta não quer pessoas satisfeitas e de bem com a vida e vivendo mansamente, sabe porque?
    Porque querem consumidores, sim, consumidores ávidos pelos prazeres passageiros deste mundo, ávidos por consumir , por dirigir o carro do ano, por estar com mulheres maravilhosas, por ostentar riquezas (como as da novela das oito), mas o maconheiro não é assim, é uma pessoa contente com a vida que está em paz sereno e tranquilo e leva a paz por onde vai.Isto incomoda, como o editor deve saber uma vez que se trata evangélico temente a Deus.
    Tenho conhecimento de causa pois são 17 anos de caminhada, nunca vi um filhinho de papai com carro do ano gostar de fumar maconha, eles não querem os playboys querem drogas que deixam ‘ligado” , que “turbinam ” a auto estima, não querem uma droga que lhes deixa dispersos, e que gere um comportamento “meditativo”, não querem assumir uma visão contemplativa da vida, mas querem ser o os “bad boy’ e por isto não usam maconha, mas outras drogas mais pesadas.
    E preciso colocar o dedo na ferida. Vamos analisar a erva. FUMADA SIM!.Hà 17 anos fumo maconha e nunca tive nenhum male , digo NADA, muito pelo contrário não tomo remédio pra nada nunca tomei e minha saúde anda muito bem. Todos os males que tive foram gerados pelo preconceito. Ora , porque apenas os evangélicos podem ser pacifistas e guerreiros do bem?
    Tive muitos amigos que fumaram e ainda fumam maconha, nunca fiquei sabendo de males em suas saúdes. Não fumo maconha pra trabalhar em primeiro lugar porque me causa dispersão e em segundo lugar pq vivo em um ambiente competitivo e maldoso, e “não posso baixar a guarda” para quem quer se promover com um hábito meu que não é aceito por esta sociedade tão conservadora e acusadora .
    Mas quando quero relaxar não há nada melhor.
    Digo que a maconha não vai ser liberada, em primeiro lugar porque vai alterar o perfil do consumidor que é moldado pela mídia , para ser um ser estressado e no limite, sempre buscando incessantemente consumir mais e mais para se alimentar por meio de posses materiais, e que nunca consegue isto, por mais que tente. O que sempre vai dar lucro à elite economica de todo o mundo é consumidor estressado que vai beber cerveja, tomar remédio, bater o carro, etc… .
    E facil perceber a estrategia da midia em colocar a maconha no mesmo “balaio” das outras drogas. Meus amigos vejam que: logo, logo, crescendo o movimento pela liberação, a rede globo( com minúsculo mesmo) vai publicar uma serie de pesquisas mostrando os males da maconha no jornal nacional, e vai piorar o que já esta ruim, pq a este canal televisivo não quer perder seus telespectadores desesperados por um segundo de paz e calma. A industria de remedios nem se fala ! Seria um choque economico imenso! Tenho visto pessoas perderem sua saúde por causa de stress e não posso oferecer um cigarro de maconha , por causa do preconceito dos alienados da rede globo.
    Neste 17 anos em que fumo maconha nunca tive qualquer acidente nem de carro nem outro qualquer por causa disto, muito pelo contrario sempre fui considerado uma pessoa harmoniosa e pacifista.
    Acredito que as pessoas que gostam da maconha tem um perfil diferente , dificilmente sera alguem extrovertido que deseja se promover , porque isto não combina com os efeitos da erva.
    Não leio , nem me interesso por pesquisas superficiais sobre a maconha, mas busco em sites especializados e ate agora não encontrei nada que aponte qualquer maleficio.
    Segue abaixo uma pesquisa que achei interessante http://br.youtube.com/watch?v=9KLy150NR_U.
    Mas no entanto , é importante frizar que a lei 11343/06 literalmente aliviou a situação dos usuários de drogas, versando que: para uso pessoal , plantar , transportar ou trazer consigo, a pena maxima prevista é de medida educativa de comparecimento a programa educativo, que não pode durar mais do que cinco meses, tal pena que será aplicada somente na terceita reincidência ( vide art. 28 da lei 11343/06). Portanto a pena inicial para o usuario de drogas é de advertencia sobre os efeitos da droga.Parabéns ao legislador Vica a paz.
    Um avanço apesar de estarmos em uma sociedade tão preconceituosa e ignorante.
    Para finalizar fica aqui meu apoio ao candidato americano a presidência Barack Obama que já se comprometeu descriminalizar a maconha, diga-se de passagem uma pessoa bem vivida e que conhece tudo o que diz, e não um “almofadinha” que fica atrás de sua mesa sem saber nem sequer o que esta falando. Um homem como poucos neste mundo. Para que, se interessar sua biografia foi lançada pela editora Gente – Barack Obama – A origem dos meus sonhos.
    Sou a favor da descriminalização da maconha SIM, mas antes de tudo porque sou um pacifista! e nada justifica a guerra sangrenta que temos q vivenciar no dia-a – dia , com milhares de mortos e de familias desfeitas por causa de um monte de opiniões , sem fundamento sólido e maduro, mesmo porque vivemos em um Estado Democrático de Direito que ainda está engatinhando .
    Desculpem-me se fui agressivo, mas o preconceito é algo pior do que veneno de serpente, e acho q minha experiencia pode ajudar a quem esta começando a usar a erva.
    Agora vou continuar minha pesquisa sobre os efeitos na amonia na maconha e como retirá-la.
    Um grande abraço.

  45. Dentre a relação da maconha e a saúde humana, há vários efeitos positivos e negativos que podem variar de acordo com a condição psicológica de cada usuário e o uso/abuso da droga.

    Existe uma quantidade substancial de desinformação tanto de proponentes da legalização como de seus oponentes devido as restrições legais da maconha, inclusive devido a restrições legais e política em pesquisas relacionadas.

    Positivos
    Alguns efeitos podem incluir percepção alterada da realidade, euforia leve, sensação de bem-estar, relaxamento e redução de estresse, letargia, aumento na percepção do humor, música ou arte, jovialidade, metacognição e introspecção, aumento da lembrança de memória episódica, aumento da sensualidade, aumento da percepção sensorial tátil, aumento da libido.

    Como uso medicinal, incluem-se a redução da pressão intraocular, aumento de apetite e efeito antiemético, tratamento da esclerose amiotrófica e trauma raquimedular, bem como qualquer enfermidade onde haja uma dor crônica.

    Negativos
    Falhas na memória recente, taquicardia, xerostomia, paranóia, agitação, falta de coordenação motora e câncer do aparelho respiratório, dependência psicológica, crises psicóticas em indivíduos propensos, bronquite e tosse. Existem divergências quanto ao câncer, que (acredita-se,) é causado pelo invólucro, chamado genéricamente de seda.

    Toxicidade/Overdose

    THC tem uma toxicidade extremamente baixa, e não apresenta risco de morte. Em teste com animais cientistas tiveram muita dificuldade em administrar uma dosagem de THC que fosse alta o suficiente para ser letal. Aparentemente humanos não podem morrer devido a ingestão de THC, a não ser através da administração de doses extremamente altas de forma intravenosa. Em 1998, o Departamento de Justiça Norte-americano concluiu que, em termos práticos, maconha não pode induzir uma resposta letal tóxica.

    De acordo com o Índice Merck a LD50 (dosagem letal para 50% dos ratos testados) deΔ9-THC por inalação é de 42 mg/kg de peso vivo. Isto é equivalente a um homem de 75 kg inalando o equivalente a 21 gramas de maconha de alta-potência (15% de THC) de uma única vez, assumindo nenhuma perda de THC através da fumaça ou má absorção pelos pulmões, ou aproximadamente 30-100 cigarros em uma única inalação.

    Danos cerebrais

    Pesquisadores da Universidade da Califórnia em San Diego (EUA) afirmaram que fumar maconha altera as funções cerebrais, mas não provoca danos permanentes.

    A maconha produz um dano de longo prazo apenas marginal, afetando pouco as capacidades de aprendizado e memória. E nenhum efeito foi registrado em outras funções, entre as quais o tempo de reação, a atenção, a linguagem, a habilidade de argumentação e as capacidades motora e perceptiva. Contudo, num estudo conduzido pelo especialista em efeitos da maconha na saúde de modo geral,John Henry do St Mary’s Hospital de Londres, há uma relação clara entre o uso crônico de Cannabis e o desenvolvimento da esquizofrenia.Ainda segundo Henry, “pessoas que fumam maconha têm efeitos físicos semelhantes ao de consumo de cigarros comuns, e efeitos mentais muito piores.”

    Dependência

    Está comprovado cientificamente pela OMS que a maconha provoca dependência, entretanto em grau menor que o tabaco ou o álcool. Todavia, pode causar dependência psicológica, onde o usuário, apesar de fisiologicamente não precisar da droga, sente falta da mesma para obter a sensação de bem-estar.

    o cigarro e o alcool fazem mais mal do que a maconha, por que será que ninguém proibe….
    qual é seu medo? ja liberaram duas grandes drogas e não houve bagunça… a não ser dos homens chegarem podres de bebados em casa e baterem nas esposas e filhos, a não ser por pessoas que fumam morrerem rápido… com cancer e tantas outras doenças.
    Por que será que estão querendo liberar agora o uso da maconha? R$R$R$R$R$R$R$R$R$R$R$R$R$R$R$R$R$R$R$
    isso responde?

  46. Imaginemos qual a reação de uma mãe ao ir parp o mercado encontra lá maconhaqual seria a reação dela ao ver, ou mesmo uma mãe que tem um filho viciado e sofre em casa como a pouco tempo podemos acompanhar um caso no fantástico, que aconteceu na Inglaterra foi acompanhado o sofrimento daquela mãe, que tinha um filho agressivo que não a respeitava que roubava as coisas de dentro de casa para comprar maconha e isso é normal na visão dos nossos governantes,mas tudo bem é escandaloso para eles um cristão sair de casa com a sua Biblia e muitas vezes ser tachado de cafona, de um povo sem cultura e de falsas testemunhas. Pois bem eles esquecem que a maconha serve de porta de entrada para outras drogas mais fortes fazendo o usuário ir em busca de outros abismos como o crack, cocaína etc. A biblia nos adverte um abismo chama outro abismo.
    Genildo

  47. Amigos , deixarei aqui minha contribuiçao. É um video que achei interessando postar devido ao fato de discordar da posicao do blogueiro em relacao ao aborto e a defesa dos direitos homossexuais. So para lembrar, sou a favor sim da proibicao da maconha.
    ttp://www.youtube.com/watch?v=kKtrNdhdy8o

  48. é minha gente.. vendo este blog, aparece em primeiro lugar na busca do google para liberação da maconha… PARABÉNS!!! AO EDITOR DO BLOG!!!
    SUAS POSIÇÕES ÉTICAS E RELIGIOSAS SÃO MUITO PERTINENTES, NUM MUNDO CERCADO DE FANÁTICOS RELIGIOSOS.. mas como o mundo não é fanático nem religioso, e o SEU DEUS NÃO É O MESMO DEUS PARA TODOS, MUITO MENOS SUAS PALAVRAS VALEM…
    VC como advogado, deve ser muito bem instruído, escreve muito bem, e é dono de uma retórica minimamente notável, afinal vc é advogado.. mas perco aqui o meu tempo pra deixar este recado:
    DEUS SALVE VOCÊ DE SUA PREGAÇÃO!!!
    DEUS SALVE VOCÊ DESTE ABISMO!!!
    DEUS SALVE VOCÊ DESTE APOCALIPSE!!!
    pq este DEUS de temor, medo, morte, guerra, nnão é o mesmo DEUS em quem acredito…
    meu deus me deu o livre arbítrio, o amor ao próximo, o amor à natureza…
    vc só ama o seu terno, o seu livro de papel, o seu santinho de plástico.. vc não ama a natureza..
    e não sabe que DEUS É A NATUREZA..
    E QUE O HOMEM TB É DEUS…
    mas ainda bem que VC não é O ÚNICO DEUS….
    pq deus não manda, nem obedece.. ele cria e recria…
    ele permite, não proíbe…
    deus é bom, não um mero punidor…
    vá viver de acordo com os 10 mandamentos!!!
    FUMO SIM!!!!

  49. viu, cada um com seus pensamentos, ngm devia nem dar opinião… quem da a 1° opinião, comessa com a guerra dos pontos de vista

    fumo maconha

    nao so gay

  50. Demonstrando-se como mais um idéia ”estapafúrdia” e ”grotesca”, que ”caminha não somente contra a palavra de Deus e a cosmovisão cristã,” mas também, contra a” própria saúde” e ”segurança pública”

    Cara nao tenho nada contra ti mais tu nao passa de mais tu eh um baita de um IGNORANTE como a maioria do povo brasileiro brasileiro nao passam de IGNORANTES

    Qual o problema com a maconha ?
    pq nao falar sobre ”Crack , Cocaina ? ”
    pq logo para uma planta que nao faz mal pelo contrario deveria ser vendido em farmacias do brasil !

    Se maconha vissese mal eu ja tava morto
    _\|/_ vamu tudo fuma maconha aehhhh
    D.D.C.G.M

  51. Se levarmos em consideração que em 8mil anos de uso a cannabis nunca foi um problema e sim uma solução ecologicamente correta para a humanidade em diversos segmentos como na área textil, na medicina, na alimentação, na religião, em energia renovavel, etc… e só passou a ser um problema social após a sua proibiçao, lógo te esclareço que o verdadeiro problema não é a cannabis e sim o egoismo do ser humano que de qualquer maneira quer impor a própria vontade sobre a vida alheia.
    Que mal tem se eu plantar um pé de cannabis no meu quintal e fuma-lo?

    Todas as pesquisas que denigrem a imagem da cannabis foram realizadas na época da sua proibição e encomendada pelo governo americano afim de convencer as pessoas a odiarem a cannabis pra que o petróleo pudesse tomar o seu lugar sem ter o concorrente desleal chamado cannabis, que em matéria de custo x benefício da de 10 á 0 no petróleo e com a liberdade da cannabis o petróleo nunca ia conseguir dominar o mundo, como domina hj em dia.

    Mas os tempos mudaram e novas pesquisas estão sendo feitas sem o intuito de manipular a opinião da massa e qnto mais se pesquisa mais se descobre as suas vantagens e assim a cannabis aos poucos vem retomando o seu lugar no cotidiano da humanidade para que o homem e a natureza vivam em harmonia.

    Hj em dias temos leite de cannabis que contem omega 3 e omega 6, temos biodiesel de cannabis que alem de poluir muito menos que seus concorrentes produz muito mais por área plantada, temos a fibra de cannabis que é 10x mais resistente, mais macia que o algodão que além de procuzir quase o triplo por área plantada não necessita de agrotóxicos e necessita de 1/3 da água necessária para a procução de algodão.

    E vc como um estudioso biblico saiba que estudiosos estão a beira de fechar um estudo onde poderá ser comprovado que Jesus utilizava óleo de cannabis para fazer os seus milagres, banhando os doentes e os curando de inumeras doenças, se isso for comprovado vai dar o que falar.

    poderia passar horas aqui escrevendo as vantagens da cannabis, mas no momento tenho mais o que fazer……..
    mas deixo um conselho, antes de comentar um assunto com tanta certeza nas palavras, pesquise e muito para não passar de desinformado que se bitolou na cartilha americana escrita pelo homem que proibiu a maconha, não pelo bem da humanidade e sim por interesses financeiros que se arrastão até hj.

    aa, só pra constar, eu estudei muito na minha vida, fiz inumeros cursos profissionalisantes e faculdade, trabalhei muito e trabalho hj no meu próprio negócio e fumo cannabis há 16 anos e nunca tive problemas, a não ser com o preconmceito formado pela falta de informação das pessoas que odeiam a cannabis.

    existem 2 tipos de pessoas que são contra a cannabis, os desinformados e os que tiveram algum trauma na adolecencia ligado a cannabis, tipo perder a namorada pra um usuário, etc…

    e caso vc continue no vácuo de uma mentira e na sombra da ignorancia, mande-me seus diplomas que enrolarei um cigarro puro de cannabis e te libertarei do seu falso conhecimento.

  52. Fumo maconha todos os dias a 10 anos. A uma semana atrás resolvi parar pois adquiri uma doença (HPV) há 2 anos atrás e até agora não consegui eliminá-la em função de meu sistema imunológico não responder ao tratamento . Já fiz de tudo e após alguns estudos verifiquei que a maconha ataca diretamente nosso sistema imunológico enfraquecendo o mesmo. Portanto opiniões imaturas de legalização não devem em nenhum momento serem levadas a sério, pois como recente ex-usuário (repito: 10 anos) afirmo que maconha faz mau a saúde,mais do que vcs pensam

  53. “A maconha é considerada como uma droga trampolim, ou seja, após o uso da maconha o viciado sente a necessidade de “progredir” para “viagens mais alucinantes”.

    Valmir, essa é a hora em que vc expões as PROVAS do do que vc escreveu.

    Falar até papagaio fala, quero ver provar que todo o usuario sente necessidade de ir para outra droga.

    Eu não bebo, não fumo cigarro, mas gosto de fumar maconha.
    Não admito fumantes onde estou, e tenho nojo desses alcólatras que causam acidentes de transito, crimes passionais, agridem suas familias quando chegam de porre em casa, bate na mulher e nos filhos, depois cai desmaiado no chão da sala, igual um porco.
    Isso é um efeito da droga mais devastadora e mais LIBERADA no brasil, o ALCOOL.
    Com todos esses maleficios a industria do alcool (cerveja principalmente) ENCHE A TELEVISÃO DE INCENTIVOS, PROPAGANDAS E LOBE.

    Outra coisa, o mal da maconha, é o mal que a PROIBIÇÃO TRAZ, o estado não da a opção do usuario de plantar para consumo proprio, assim, quem fuma maconha se ve brigado a FINANCIAR O TRÁFICO, vai ao morro e enche os bolsos dos traficantes, assim aumentando drasticamente a violencia em nosso país.

    O uso da maconha em si é o menor dos problemas, é coisa PESSOAL.
    Se eu fumo ninguem tem nada com isso, o quye me deixa triste é ver que a maioria dos usuarios financiam o trafico e a violencia.
    REPITO, CULPA DO ESTADO, QUE O FORÇA A COMPRAR A ERVA NA MÃO DE TRAFICANTES.

    O USO DA MACONHA NÃO VAI PARAR NUNCA, E A RESPOSTA ESTÁ CLARA, SE GASTA MILHOES NO COMBATE, E OS RESULTADOS SÃO PIFIOS.

    O que dá certo não é a proibição, se proibir funcionasse, não teriamos esse problema no brasil, mas o que se ve é o contrario, o uso da maconha cresce ano após ano.

    Vide os resultados que FUNCIONAM, na europa e paises do primeiro mundo.
    Politicas de REGULAÇÃO, CONTROLE DE DANOS E CAMPANHAS EDUCATIVAS.
    O controle por meio da proibição é um modelo ultrapassado que só gasta recursos sem trazer resultados.

Os comentários estão desativados.